Bom dos bondes


Hoje a onda é do skate, dos patins, da bike a mil, dos carros-foguetes. 
A onda agora é ficar, não é só namorar, é selinho de oi e beijo até no ar. 
Mas o bom aqui, o bom mesmo é o que você vai ver: o bom dos bondes, estes… 

Bondes elétricos do Recife


 BONDES ELÉTRICOS DO RECIFE 

Escolhi o bonde elétrico porque, além de ser um tema bem nostálgico, foi de extrema importância para Recife. A foto é belíssima, foi muito bem aceita na minha página, pois, além dos bondes, ainda mostra a belíssima Ponte da Boa Vista.”

                                                                                  (Wilton Carvalho, sobre a escolha da foto)

O bonde elétrico é um veículo urbano de tração elétrica que circulava sobre trilhos e se destinava ao transporte coletivo de passageiros e/ou de cargas. O nome bonde deriva-se do termo inglês bond (bônus). Na Inglaterra, quando da criação dessa modalidade de transporte coletivo, foi lançada uma campanha pública de bônus (bond) visando angariar fundos para a instalação do serviço. Daí surgiu o nome brasileiro bonde.

No Recife, o serviço de bondes elétricos foi inaugurado oficialmente no dia 13 de maio de 1914. O povo foi às ruas do centro da cidade para ver o novo e moderno meio de transporte, administrado pela companhia inglesa Tramways. Os bondes eram altos, mas possuíam estribos para facilitar a subida dos passageiros. Mediam três metros de largura, tinham bancos largos de madeira que davam para acomodar cinco ou seis pessoas, em cada um. As linhas de ida e volta, com dois carros cruzando um com o outro, tomavam praticamente toda a largura das ruas que, em geral, mediam, no máximo, oito metros.

As viagens morosas para os bairros distantes do centro da cidade, com as pessoas sentadas bem juntas umas das outras, em ambiente arejado, favoreciam as conversas, as leituras de jornais, livros e revistas, as amizades e os namoros. Era proibido fumar nos três primeiros bancos, no salão dos carros de primeira classe.

O desaparecimento desses coletivos, que tantos e tão bons serviços prestaram aos recifenses, foi um processo lento e moroso. Enquanto foi possível manter o serviço, mesmo em condições precárias, o povo usou o bonde até sua extinção total nos anos de 1956 a 1957.
 

. Poema Bom dos bondes: Izan Sant 
. Fonte de texto e foto: Fundação Joaquim Nabuco (FUNDAJ
. Material gentilmente cedido por Wilton Carvalho (administrador do Recife de Antigamente)
 

(Clique na imagem acima para ampliá-la)

Izan Sant

Izan Sant

Um autor super do Bem.

Expresse-se...

Entrar

presente de artista

Bem-kete

Agora em janeiro, você vai praticar qual dessas boas ações?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

msg do mês

Ana Carla - MSG DO MÊS

Aniversariantes

  • Ary Fontoura (ator)
  • Cássia Kiss (atriz)
  • Cris Almeida (produtora cultural – Paulista/PE)
  • Cristiano Andrade (diretor executivo – Recife)
  • Danilo Tácito Rufino (ator – Niterói/ RJ)
  • Djavan (músico e cantor)
  • Emilio Orciollo Netto (ator)
  • Everton Tonetto (ator – Recife)
  • Filipe Pires (gerente Prime Bar/Comedoria – Recife)
  • Geraldo Azevedo (músico e cantor)
  • Gessyca Barbosa (profa./Educ. Física – Olinda/PE)
  • Grace Lira (bailarina – Jaboatão dos Guararapes)
  • Guilherme Fontes (ator/diretor de cinema)
  • Heitor Souto (modelo – Recife)
  • Isidro Manuel Marques (Taekwondo – Setúbal/POR)
  • Izan Sant (escritor, dramaturgo, roteirista, colunista)
  • Jaime Bomfim (diácono – Ilha de Itamaracá/PE)
  • Jô Soares (artista)
  • Karol Spinelli (atriz – Recife)
  • Lara Fabian (cantora, compositora e letrista)
  • Laryssa Moura (blogueira e Youtuber)
  • Luciano Camargo (cantor)
  • Maitê Proença (atriz)
  • Marcello Antony (ator)
  • Maria Luíza Nóbrega (universitária – Igarassu/PE)
  • Mateus Fagundes (repórter – SP)
  • Mateus Nachtergaele (ator)
  • Nando Reis (músico e cantor)
  • Nicete Bruno (atriz)
  • Pandycex Grimaldd GriNhuar (publicitário – RJ)
  • Patrícia Pillar (atriz)
  • Paulo Vilhena (ator)
  • Raoni Velozo (produtor executivo – Paulista)
  • Sandra Tavares (advogada – São Paulo)
  • Sandy (cantora)
  • Severina Dantas (advogada/pedagoga – Igarassu)
  • Tatiana Issa (atriz e produtora – Brasil/Nova Iorque)
  • Vítor de Oliveira (roteirista – São Paulo)
  • Willames De Morais Lima (segurança – Itapissuma)
  • Yeda Maria Cavalcanti (fonoaudióloga – Igarassu)

Eventos

  • 06. Marília Mendonça, Léo Santana e Aviões do Forró – 20h – R$ 50 (arena), R$ 100 (VIP), R$ 200 (lounge – open bar) Praia de Tamandaré, Litoral Sul de Pernambuco – Telefone: 3441-9660
  • 09. Caetano Veloso e seus filhos Moreno, Zeca e Tom – 21h – Plateia baixa: R$ 260, R$ 130 (meia); Plateia alta: R$ 200, R$ 100 (meia); Balcão nobre: R$ 140, R$ 70 (meia) – Vendas: bilheteria e site www.ingressorapido.com.br – Teatro RioMar Recife / Avenida República do Líbano, 251, Pina – Informações: www.teatroriomarrecife.com.br
  • 27. Alceu Valença, Preta Gil, Babado Novo, Silvana Salazar e Patusco: Arena: R$ 80, R$ 40 (meia), R$ 50 + um quilo de alimento (social); Front: R$ 140, R$ 70 (meia), R$ 80 + um quilo de alimento (social); Lounge Open Bar: R$ 170; Mesa para 4 pessoas: R$ 350; Camarote para 10 pessoas: R$ 2.500 – Vendas: Riachuelo, Litoraneus, Ingressos Prime, Ticket folia, Recife Ingressos, Bilheteria Digital e Central da Folia – Clube Internacional do Recife / Avenida Benfica, 505, Madalena

FOTO DE BEM

Marlon - FDB

Facebook

Entrevista

Arquivos

VÊ, GALERA – Clica