Bom dos bondes


Hoje a onda é do skate, dos patins, da bike a mil, dos carros-foguetes. 
A onda agora é ficar, não é só namorar, é selinho de oi e beijo até no ar. 
Mas o bom aqui, o bom mesmo é o que você vai ver: o bom dos bondes, estes… 

Bondes elétricos do Recife


 BONDES ELÉTRICOS DO RECIFE 

Escolhi o bonde elétrico porque, além de ser um tema bem nostálgico, foi de extrema importância para Recife. A foto é belíssima, foi muito bem aceita na minha página, pois, além dos bondes, ainda mostra a belíssima Ponte da Boa Vista.”

                                                                                  (Wilton Carvalho, sobre a escolha da foto)

O bonde elétrico é um veículo urbano de tração elétrica que circulava sobre trilhos e se destinava ao transporte coletivo de passageiros e/ou de cargas. O nome bonde deriva-se do termo inglês bond (bônus). Na Inglaterra, quando da criação dessa modalidade de transporte coletivo, foi lançada uma campanha pública de bônus (bond) visando angariar fundos para a instalação do serviço. Daí surgiu o nome brasileiro bonde.

No Recife, o serviço de bondes elétricos foi inaugurado oficialmente no dia 13 de maio de 1914. O povo foi às ruas do centro da cidade para ver o novo e moderno meio de transporte, administrado pela companhia inglesa Tramways. Os bondes eram altos, mas possuíam estribos para facilitar a subida dos passageiros. Mediam três metros de largura, tinham bancos largos de madeira que davam para acomodar cinco ou seis pessoas, em cada um. As linhas de ida e volta, com dois carros cruzando um com o outro, tomavam praticamente toda a largura das ruas que, em geral, mediam, no máximo, oito metros.

As viagens morosas para os bairros distantes do centro da cidade, com as pessoas sentadas bem juntas umas das outras, em ambiente arejado, favoreciam as conversas, as leituras de jornais, livros e revistas, as amizades e os namoros. Era proibido fumar nos três primeiros bancos, no salão dos carros de primeira classe.

O desaparecimento desses coletivos, que tantos e tão bons serviços prestaram aos recifenses, foi um processo lento e moroso. Enquanto foi possível manter o serviço, mesmo em condições precárias, o povo usou o bonde até sua extinção total nos anos de 1956 a 1957.
 

. Poema Bom dos bondes: Izan Sant 
. Fonte de texto e foto: Fundação Joaquim Nabuco (FUNDAJ
. Material gentilmente cedido por Wilton Carvalho (administrador do Recife de Antigamente)
 

(Clique na imagem acima para ampliá-la)

Izan Sant

Izan Sant

Um autor super do Bem.

Expresse-se...

Entrar

presente de artista

Bem-kete

A(s) atriz(es) mais bela(s) do sucesso “O Outro Lado do Paraíso” é (são)...? Vote em até 2.

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

msg do mês

Fillipe Ramos

Aniversariantes

  • Adriana Souto M. Sales (secretária – Paulista/PE)
  • Adriano Athayde (cantor, compos. e prod. musical)
  • Alexandre Contini (ator, diretor e produtor teatral)
  • Alexandre Melo (jornalista – Recife/PE)
  • Alexsandro Alberto (ator – Recife)
  • Ana Maria Braga (apresentadora de TV)
  • Antônia N. Santana (dona de casa – Igarassu/PE)
  • Antônio Fagundes (ator)
  • Ayrlon Douglas (universitário/Medicina – Igarassu)
  • Benedito Ruy Barbosa (novelista)
  • Bruno Gagliasso (ator)
  • Carmita Galvão (mestra em Inglês – Recife)
  • Cindy Fragoso (atriz e iluminadora – Recife)
  • Cissa Guimarães (atriz e apresentadora de TV)
  • Dagmar Maria (ass. administrativo – Itapissuma/PE)
  • Diego Henrique Duarte (instrutor/make – Paulista)
  • Drico Alves (ator)
  • Edenize Gomes (profa. de Português – Olinda)
  • Edineide Wanderley (assist administrativo, Paulista)
  • Elias da Silva Nascimento (Itapissuma)
  • Fernando Augustus (gestor/Educ., músico, Olinda)
  • Flávia Albuquerque (pedagoga – Paulista)
  • Flávia Azevedo Madureira (dira. adm. – Recife)
  • Flávia Lacerda (diretora de televisão)
  • Gabriela Duarte (atriz)
  • Gerson Santos (editor/designer – Recife)
  • Gugga Macel (roteirista e produtor – Recife)
  • Haroldo Botta (ator, diretor e cons. de Feng Shui)
  • Humberto Martins (ator)
  • Isabelle Drummond (atriz)
  • Ítalo Lima (ator, diretor, DJ, Youtuber – Recife)
  • Jhonny Oliveira (prof. de Inglês/cineasta – Paulista)
  • João Gonçalves (fotógrafo e músico – Paulista)
  • Júnior Lima (cantor e músico/baterista)
  • Kaká (jogador de futebol)
  • Kayky Buonarroti – ator – Rio de Janeiro/RJ)
  • Kristen Stewart (atriz)
  • Laura Maria Carvalho (educadora – Paulista)
  • Lorrayne Couto (secretária, Nova Friburgo, RJ)
  • Louise Cardoso (atriz)
  • Maria Thereza Carneiro (psicóloga – Recife)
  • Mariana Ximenes (atriz)
  • Miguel Vita (ator)
  • Rick Di Castro (apres.: Transamérica – Recife)
  • Roberto Carlos (cantor, compositor e Rei da MB)
  • Sofia, 8 anos (filha do ilustre casal Uchôa Filho e Glória Valcácer – Igarassu)
  • Thaís Fersoza (atriz)
  • Tiago Santiago (ator, novelista e dramaturgo)
  • Valeska de Gracia (psicot. holística, São Pedro/SP)

Eventos

  • 12. No RIO DE JANEIRO: “Champagne e Confusão”, comédia com SYLVIA BANDEIRA e ótimo elenco – De sexta a domingo – 19:30 – até dia 10 de junho, Teatro Maison de France / Avenida Presidente Antônio Carlos, 58
  • 13. Em PERNAMBUCO: Oswaldo Montenegro apresenta Serenata – 21h30 – Balcão: R$ 114, R$ 57 (meia); Plateia: R$ 164, R$ 82 (meia) – Vendas: bilheteria do teatro, lojas Ticket Folia e site Eventim – Teatro Guararapes / Centro de Convenções, s/n, Salgadinho, Olinda
  • 14. The Fevers, Pholhas e Fernando Mendes – 21h – Pista: R$ 80, R$ 40 (meia), R$ 50 (social); Mesa VIP: R$ 75; Mesa Premium: R$ 100 (quatro assentos) – Vendas: bilheteria, lojas Ticket Folia e site do Classic Hall. Classic Hall / Avenida Agamenon Magalhães, s/n, Salgadinho, Olinda
  • 17. Demi Lovato – Pista: R$ 180, R$ 90 (meia); Pista Premium: R$ 480, R$ 240 (meia) – Vendas a partir do dia 22/02 – Classic Hall / Avenida Agamenon Magalhães, s/n, Salgadinho, Olinda
  • 20. Maria Rita: “Amor e música” – 21h – Plateia baixa: R$ 204, R$ 102 (meia); Plateia alta e balcão: R$ 164, R$ 82 (meia) – Vendas: bilheteria do teatro e site www.eventim.com.br – Teatro Guararapes

FOTO DE BEM

Fernanda Santana - Foto de Bem - Esta

Facebook

Entrevista

Arquivos

VÊ, GALERA – Clica