Bom dos bondes


Hoje a onda é do skate, dos patins, da bike a mil, dos carros-foguetes. 
A onda agora é ficar, não é só namorar, é selinho de oi e beijo até no ar. 
Mas o bom aqui, o bom mesmo é o que você vai ver: o bom dos bondes, estes… 

Bondes elétricos do Recife


 BONDES ELÉTRICOS DO RECIFE 

Escolhi o bonde elétrico porque, além de ser um tema bem nostálgico, foi de extrema importância para Recife. A foto é belíssima, foi muito bem aceita na minha página, pois, além dos bondes, ainda mostra a belíssima Ponte da Boa Vista.”

                                                                                  (Wilton Carvalho, sobre a escolha da foto)

O bonde elétrico é um veículo urbano de tração elétrica que circulava sobre trilhos e se destinava ao transporte coletivo de passageiros e/ou de cargas. O nome bonde deriva-se do termo inglês bond (bônus). Na Inglaterra, quando da criação dessa modalidade de transporte coletivo, foi lançada uma campanha pública de bônus (bond) visando angariar fundos para a instalação do serviço. Daí surgiu o nome brasileiro bonde.

No Recife, o serviço de bondes elétricos foi inaugurado oficialmente no dia 13 de maio de 1914. O povo foi às ruas do centro da cidade para ver o novo e moderno meio de transporte, administrado pela companhia inglesa Tramways. Os bondes eram altos, mas possuíam estribos para facilitar a subida dos passageiros. Mediam três metros de largura, tinham bancos largos de madeira que davam para acomodar cinco ou seis pessoas, em cada um. As linhas de ida e volta, com dois carros cruzando um com o outro, tomavam praticamente toda a largura das ruas que, em geral, mediam, no máximo, oito metros.

As viagens morosas para os bairros distantes do centro da cidade, com as pessoas sentadas bem juntas umas das outras, em ambiente arejado, favoreciam as conversas, as leituras de jornais, livros e revistas, as amizades e os namoros. Era proibido fumar nos três primeiros bancos, no salão dos carros de primeira classe.

O desaparecimento desses coletivos, que tantos e tão bons serviços prestaram aos recifenses, foi um processo lento e moroso. Enquanto foi possível manter o serviço, mesmo em condições precárias, o povo usou o bonde até sua extinção total nos anos de 1956 a 1957.
 

. Poema Bom dos bondes: Izan Sant 
. Fonte de texto e foto: Fundação Joaquim Nabuco (FUNDAJ
. Material gentilmente cedido por Wilton Carvalho (administrador do Recife de Antigamente)
 

(Clique na imagem acima para ampliá-la)

Izan Sant

Izan Sant

Um autor super do Bem.

Expresse-se...

Entrevista

VÊ, GALERA – Clica

msg do mês

Carol Ribeiro - Olinda

VOCÊ AQUI

Você Aqui - dezembro de 2018

presente de artista

Aniversariantes

  • Adriana Caetano (consultora – Igarassu/PE)
  • Adriana Esteves (atriz)
  • Adriane Pessoa (educadora – Igarassu)
  • Alinne Moraes (atriz)
  • Ana Alice (concl. Ens. Médio, Paulista/PE)
  • Brad Pitt (ator)
  • Carla Faour (atriz, dramaturga e roteirista)
  • Carlos Pedrosa (empresário – Itamaracá/PE)
  • Claudemir Gomes (prof. de Matemática – Igarassu)
  • Cláudia Raia (atriz)
  • Cynthia Peixoto (profa. de Português – Paulista)
  • Daniel Ávila (ator e professor de teatro)
  • Daniel Menezes (DKM Informática – Itamaracá)
  • Danielle Winits (atriz)
  • Fábio Bianchinni (ator/produtor – São Paulo/SP)
  • Fernanda Ribeiro (secretária – Igarassu)
  • Geneci Martelli (artista plástica – Tapurah/MT)
  • Gilson De Paula (ator – Recife/PE)
  • Giulia Gam (atriz)
  • Janaína Ana (Enfermagem – Itapissuma/PE)
  • Josenita Pereira (educadora – Itamaracá/PE)
  • Juliana Marcolina (intérp./Libras, Abreu e Lima/PE)
  • Leandro D’Melo (ator)
  • Leonardo B. Campos (cartorário, ator – Triunfo/RS)
  • Marcio Jorge Correa (Goods Layer, Entre Rios/AM)
  • Márcio Rosário (ator)
  • Marcondes Oliveira (biólogo – Recife)
  • Mariá Coutinho (turismóloga – Recife)
  • Osmar Nascimento (diretor executivo – Paulista)
  • Pedro Antônio (prof. de Inglês – Paulista)
  • Ricky Martin (cantor e ex-Menudo)
  • Rita Lee (cantora e compositora)
  • Rodrigo Andrade (ator, cantor e compositor)
  • Rodrigo Geraldini (biólogo – Conchal/SP)
  • Samuel Santos (diretor e produtor teatral – Recife)
  • Selton Mello (ator e diretor)
  • Victoria Diniz (atriz)
  • Walcyr Carrasco (escritor, novelista e dramaturgo)

Eventos

  • 01. “O Amante Pintor de Molière”, peça teatral com o ator Alex Albert e outros – Espetáculo Gratuito – 15h – Teatro Clênio Wanderley / Casa da Cultura, Raio Sul, 2o. andar – Recife
  • 02. Elba Ramalho, em “CAIXA de Natal” – 18h – Gratuito – CAIXA Cultural Recife / Avenida Alfredo Lisboa, 505, Praça do Marco Zero, Bairro do Recife – Telefone: (81) 3425-1915
  • 07. Encontro da Jovem Guarda, com The Fevers, Trepidants, Walter Ventura, na máquina do tempo – 17h – R$ 30 – Clube Ares Cisnes / Av. Cruz Cabugá, 2160, Santo Amaro/Recife
  • 31. Reveião Golarrolê, com Mateus Carrilho, Araketu, MC Elvis e os DJs Xande Medeiros, Thikos, Vini V, Iury Andrew e Tanit – 22h30 – R$ 230 (open bar premium), Vendas: Haus Bar, Avesso e Redley e site Sympla – Catamaran e Espaço Almirante / Cais das 5 pontas,s/n – Bairro de São José – Telefone: 3039-6304

Recomendo

Entrar

Arquivos