Trinta dias de bombardeio

Texto: pela Professora Márcia Regina dos Santos,
pois o Papo de Bem, em nome na liberdade de expressão, não se intromete no teor dos escritos e materiais enviados por seus leitores e/ou colaboradores.
Imagens: Professor Nero Lima e Professora Márcia Regina.
 

29 de abril de 2015, dia em que ocorreu o inesquecível massacre de professores, estudantes, funcionários do Estado e outros cidadãos presentes à Praça Nossa Senhora de Salete, no Centro Cívico de Curitiba.
Aglomeração no Centro Cívico. Todos pela Educação!

Professores, funcionários e estudantes se mobilizaram para manifestar contrariedade à votação do projeto de lei que faria alterações no plano previdenciário dos servidores públicos. Vale destacar o fato dos valores previdenciários serem descontados todos os meses do salário dos professores, ou seja, o dinheiro era deles por direito, e, pela lógica, nem precisariam estar defendendo aquilo que já lhes pertencia.
Educadores em luto.

Porém, no Paraná, precisam deflagrar greve e organizarem grandes manifestações não para reivindicar direitos, mas para mantê-los. Reuniram-se na Praça dos Três Poderes, para apenas exercer a cidadania e viram-se impedidos de acompanhar a sessão por meio de um interdito proibitório expedido pelo Poder Judiciário e foram expulsos da Praça Nossa Senhora de Salete por bombas de gás lacrimogêneo, spray de pimenta, jatos d’água, helicópteros, que também lançavam bombas em voos rasantes sobre a população.
Gizes: armas benéficas ao povo.

Os estudantes presentes também foram feridos, uma adolescente perdeu a audição e muitos jovens estão abalados emocionalmente e desacreditados daquele que governa o Estado e se intitula “O governo do diálogo e da paz”. E mesmo com tiros, bombas e até mordidas de cães, o maléfico projeto foi votado e sancionado por Richa no dia seguinte.
Os Educadores não querem guerra, querem reconhecimento.

Sentindo-se roubado pelo Poder Executivo e chacoteado pelo Poder Legislativo, o poder do povo exauriu-se em sangue e lágrimas.
Sangue e lágrimas...

O saldo da insanidade do governo contabiliza-se em 213 professores feridos por balas de borracha, inclusive no rosto; um desses professores perdeu, além da sua perspectiva de futuro, a visão de um dos olhos. E mesmo os professores e funcionários que não estavam presentes foram atingidos e todos permanecem enlutados.
Os feridos da situação.

Um mês se passou, mas ainda se ouvem estrondos e a cada minuto os olhos ardem e o coração sangra, a cada amanhecer a alma se abala e os olhos procuram um lugar seguro, um lugar em que a Lei e a Justiça possam proteger também o povo. Este lugar parece longe e inalcançável, pois assistimos os três poderes cerzidos contra os direitos adquiridos em outras batalhas também sangrentas no passado.
Gases lacrimogênios no ar.

Os dias passaram, mas o véu funesto do gás lacrimogêneo tomou forma de projeto de lei e faz arder a alma e a dignidade dos professores e demais servidores públicos estaduais.
Mais gases lacrimogênios no ar.

A cada notícia, a cada proposta, uma nova bomba é lançada sobre as carreiras e sobre os direitos dos professores, que são tomados por intransigentes ao não aceitarem ver escorrer pelos ralos da corrupção e do mau gerenciamento das contas púbicas seus direitos de cidadãos.
A Educação é o melhor caminho.

A lembrança amarga do dia do massacre nunca lhes sairá da mente, do corpo e do coração. Enquanto isso, seguem na Praça Cívica os três poderes unidos para manter o povo na vil ignorância do saber, pois os mestres estão feridos!
Curitiba em luta pela Educação.


E o que é Educação para Karl Kraus?

" aquilo que a maior parte das pessoas recebe, muitos transmitem e poucos possuem."

Izan Sant

Izan Sant

Um autor super do Bem.

Expresse-se...

Entrar

presente de artista

Bem-kete

A(s) atriz(es) mais bela(s) do sucesso “O Outro Lado do Paraíso” é (são)...? Vote em até 2.

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

msg do mês

Fillipe Ramos

Aniversariantes

  • Adriana Souto M. Sales (secretária – Paulista/PE)
  • Adriano Athayde (cantor, compos. e prod. musical)
  • Alexandre Contini (ator, diretor e produtor teatral)
  • Alexandre Melo (jornalista – Recife/PE)
  • Alexsandro Alberto (ator – Recife)
  • Ana Maria Braga (apresentadora de TV)
  • Antônia N. Santana (dona de casa – Igarassu/PE)
  • Antônio Fagundes (ator)
  • Ayrlon Douglas (universitário/Medicina – Igarassu)
  • Benedito Ruy Barbosa (novelista)
  • Bruno Gagliasso (ator)
  • Carmita Galvão (mestra em Inglês – Recife)
  • Cindy Fragoso (atriz e iluminadora – Recife)
  • Cissa Guimarães (atriz e apresentadora de TV)
  • Dagmar Maria (ass. administrativo – Itapissuma/PE)
  • Diego Henrique Duarte (instrutor/make – Paulista)
  • Drico Alves (ator)
  • Edenize Gomes (profa. de Português – Olinda)
  • Edineide Wanderley (assist administrativo, Paulista)
  • Elias da Silva Nascimento (Itapissuma)
  • Fernando Augustus (gestor/Educ., músico, Olinda)
  • Flávia Albuquerque (pedagoga – Paulista)
  • Flávia Azevedo Madureira (dira. adm. – Recife)
  • Flávia Lacerda (diretora de televisão)
  • Gabriela Duarte (atriz)
  • Gerson Santos (editor/designer – Recife)
  • Gugga Macel (roteirista e produtor – Recife)
  • Haroldo Botta (ator, diretor e cons. de Feng Shui)
  • Humberto Martins (ator)
  • Isabelle Drummond (atriz)
  • Ítalo Lima (ator, diretor, DJ, Youtuber – Recife)
  • Jhonny Oliveira (prof. de Inglês/cineasta – Paulista)
  • João Gonçalves (fotógrafo e músico – Paulista)
  • Júnior Lima (cantor e músico/baterista)
  • Kaká (jogador de futebol)
  • Kayky Buonarroti – ator – Rio de Janeiro/RJ)
  • Kristen Stewart (atriz)
  • Laura Maria Carvalho (educadora – Paulista)
  • Lorrayne Couto (secretária, Nova Friburgo, RJ)
  • Louise Cardoso (atriz)
  • Maria Thereza Carneiro (psicóloga – Recife)
  • Mariana Ximenes (atriz)
  • Miguel Vita (ator)
  • Paulo Emílio (produtor de audiovisual – Olinda)
  • Rick Di Castro (apres.: Transamérica – Recife)
  • Roberto Carlos (cantor, compositor e Rei da MB)
  • Sofia, 8 anos (filha do ilustre casal Uchôa Filho e Glória Valcácer – Igarassu)
  • Thaís Fersoza (atriz)
  • Tiago Santiago (ator, novelista e dramaturgo)
  • Valeska de Gracia (psicot. holística, São Pedro/SP)

Eventos

  • 13. Em PERNAMBUCO: Oswaldo Montenegro apresenta Serenata – 21h30 – Balcão: R$ 114, R$ 57 (meia); Plateia: R$ 164, R$ 82 (meia) – Vendas: bilheteria do teatro, lojas Ticket Folia e site Eventim – Teatro Guararapes / Centro de Convenções, s/n, Salgadinho, Olinda
  • 14. The Fevers, Pholhas e Fernando Mendes – 21h – Pista: R$ 80, R$ 40 (meia), R$ 50 (social); Mesa VIP: R$ 75; Mesa Premium: R$ 100 (quatro assentos) – Vendas: bilheteria, lojas Ticket Folia e site do Classic Hall. Classic Hall / Avenida Agamenon Magalhães, s/n, Salgadinho, Olinda
  • 17. Demi Lovato – Pista: R$ 180, R$ 90 (meia); Pista Premium: R$ 480, R$ 240 (meia) – Vendas a partir do dia 22/02 – Classic Hall / Avenida Agamenon Magalhães, s/n, Salgadinho, Olinda
  • 20. Maria Rita: “Amor e música” – 21h – Plateia baixa: R$ 204, R$ 102 (meia); Plateia alta e balcão: R$ 164, R$ 82 (meia) – Vendas: bilheteria do teatro e site www.eventim.com.br – Teatro Guararapes
  • 27. No RIO DE JANEIRO: “Champagne e Confusão”, comédia com SYLVIA BANDEIRA e ótimo elenco – De sexta a domingo – 19:30 – até dia 10 de junho, Teatro Maison de France / Avenida Presidente Antônio Carlos, 58

FOTO DE BEM

Fernanda Santana - Foto de Bem - Esta

Facebook

Entrevista

Arquivos

VÊ, GALERA – Clica