Trinta dias de bombardeio

Texto: pela Professora Márcia Regina dos Santos,
pois o Papo de Bem, em nome na liberdade de expressão, não se intromete no teor dos escritos e materiais enviados por seus leitores e/ou colaboradores.
Imagens: Professor Nero Lima e Professora Márcia Regina.
 

29 de abril de 2015, dia em que ocorreu o inesquecível massacre de professores, estudantes, funcionários do Estado e outros cidadãos presentes à Praça Nossa Senhora de Salete, no Centro Cívico de Curitiba.
Aglomeração no Centro Cívico. Todos pela Educação!

Professores, funcionários e estudantes se mobilizaram para manifestar contrariedade à votação do projeto de lei que faria alterações no plano previdenciário dos servidores públicos. Vale destacar o fato dos valores previdenciários serem descontados todos os meses do salário dos professores, ou seja, o dinheiro era deles por direito, e, pela lógica, nem precisariam estar defendendo aquilo que já lhes pertencia.
Educadores em luto.

Porém, no Paraná, precisam deflagrar greve e organizarem grandes manifestações não para reivindicar direitos, mas para mantê-los. Reuniram-se na Praça dos Três Poderes, para apenas exercer a cidadania e viram-se impedidos de acompanhar a sessão por meio de um interdito proibitório expedido pelo Poder Judiciário e foram expulsos da Praça Nossa Senhora de Salete por bombas de gás lacrimogêneo, spray de pimenta, jatos d’água, helicópteros, que também lançavam bombas em voos rasantes sobre a população.
Gizes: armas benéficas ao povo.

Os estudantes presentes também foram feridos, uma adolescente perdeu a audição e muitos jovens estão abalados emocionalmente e desacreditados daquele que governa o Estado e se intitula “O governo do diálogo e da paz”. E mesmo com tiros, bombas e até mordidas de cães, o maléfico projeto foi votado e sancionado por Richa no dia seguinte.
Os Educadores não querem guerra, querem reconhecimento.

Sentindo-se roubado pelo Poder Executivo e chacoteado pelo Poder Legislativo, o poder do povo exauriu-se em sangue e lágrimas.
Sangue e lágrimas...

O saldo da insanidade do governo contabiliza-se em 213 professores feridos por balas de borracha, inclusive no rosto; um desses professores perdeu, além da sua perspectiva de futuro, a visão de um dos olhos. E mesmo os professores e funcionários que não estavam presentes foram atingidos e todos permanecem enlutados.
Os feridos da situação.

Um mês se passou, mas ainda se ouvem estrondos e a cada minuto os olhos ardem e o coração sangra, a cada amanhecer a alma se abala e os olhos procuram um lugar seguro, um lugar em que a Lei e a Justiça possam proteger também o povo. Este lugar parece longe e inalcançável, pois assistimos os três poderes cerzidos contra os direitos adquiridos em outras batalhas também sangrentas no passado.
Gases lacrimogênios no ar.

Os dias passaram, mas o véu funesto do gás lacrimogêneo tomou forma de projeto de lei e faz arder a alma e a dignidade dos professores e demais servidores públicos estaduais.
Mais gases lacrimogênios no ar.

A cada notícia, a cada proposta, uma nova bomba é lançada sobre as carreiras e sobre os direitos dos professores, que são tomados por intransigentes ao não aceitarem ver escorrer pelos ralos da corrupção e do mau gerenciamento das contas púbicas seus direitos de cidadãos.
A Educação é o melhor caminho.

A lembrança amarga do dia do massacre nunca lhes sairá da mente, do corpo e do coração. Enquanto isso, seguem na Praça Cívica os três poderes unidos para manter o povo na vil ignorância do saber, pois os mestres estão feridos!
Curitiba em luta pela Educação.


E o que é Educação para Karl Kraus?

" aquilo que a maior parte das pessoas recebe, muitos transmitem e poucos possuem."

Izan Sant

Izan Sant

Um autor super do Bem.

Expresse-se...

Entrevista

VÊ, GALERA – Clica

msg do mês

Carol Ribeiro - Olinda

VOCÊ AQUI

Você Aqui - dezembro de 2018

presente de artista

Aniversariantes

  • Adriana Caetano (consultora – Igarassu/PE)
  • Adriana Esteves (atriz)
  • Adriane Pessoa (educadora – Igarassu)
  • Alinne Moraes (atriz)
  • Ana Alice (concl. Ens. Médio, Paulista/PE)
  • Brad Pitt (ator)
  • Carla Faour (atriz, dramaturga e roteirista)
  • Carlos Pedrosa (empresário – Itamaracá/PE)
  • Claudemir Gomes (prof. de Matemática – Igarassu)
  • Cláudia Raia (atriz)
  • Cynthia Peixoto (profa. de Português – Paulista)
  • Daniel Ávila (ator e professor de teatro)
  • Daniel Menezes (DKM Informática – Itamaracá)
  • Danielle Winits (atriz)
  • Fábio Bianchinni (ator/produtor – São Paulo/SP)
  • Fernanda Ribeiro (secretária – Igarassu)
  • Geneci Martelli (artista plástica – Tapurah/MT)
  • Gilson De Paula (ator – Recife/PE)
  • Giulia Gam (atriz)
  • Janaína Ana (Enfermagem – Itapissuma/PE)
  • Josenita Pereira (educadora – Itamaracá/PE)
  • Juliana Marcolina (intérp./Libras, Abreu e Lima/PE)
  • Leandro D’Melo (ator)
  • Leonardo B. Campos (cartorário, ator – Triunfo/RS)
  • Marcio Jorge Correa (Goods Layer, Entre Rios/AM)
  • Márcio Rosário (ator)
  • Marcondes Oliveira (biólogo – Recife)
  • Mariá Coutinho (turismóloga – Recife)
  • Osmar Nascimento (diretor executivo – Paulista)
  • Pedro Antônio (prof. de Inglês – Paulista)
  • Ricky Martin (cantor e ex-Menudo)
  • Rita Lee (cantora e compositora)
  • Rodrigo Andrade (ator, cantor e compositor)
  • Rodrigo Geraldini (biólogo – Conchal/SP)
  • Samuel Santos (diretor e produtor teatral – Recife)
  • Selton Mello (ator e diretor)
  • Victoria Diniz (atriz)
  • Walcyr Carrasco (escritor, novelista e dramaturgo)

Eventos

  • 01. “O Amante Pintor de Molière”, peça teatral com o ator Alex Albert e outros – Espetáculo Gratuito – 15h – Teatro Clênio Wanderley / Casa da Cultura, Raio Sul, 2o. andar – Recife
  • 02. Elba Ramalho, em “CAIXA de Natal” – 18h – Gratuito – CAIXA Cultural Recife / Avenida Alfredo Lisboa, 505, Praça do Marco Zero, Bairro do Recife – Telefone: (81) 3425-1915
  • 07. Encontro da Jovem Guarda, com The Fevers, Trepidants, Walter Ventura, na máquina do tempo – 17h – R$ 30 – Clube Ares Cisnes / Av. Cruz Cabugá, 2160, Santo Amaro/Recife
  • 31. Reveião Golarrolê, com Mateus Carrilho, Araketu, MC Elvis e os DJs Xande Medeiros, Thikos, Vini V, Iury Andrew e Tanit – 22h30 – R$ 230 (open bar premium), Vendas: Haus Bar, Avesso e Redley e site Sympla – Catamaran e Espaço Almirante / Cais das 5 pontas,s/n – Bairro de São José – Telefone: 3039-6304

Recomendo

Entrar

Arquivos