O Grupo e O Espaço O Poste

Por: Samuel Santos (Autor e diretor teatral)
 

O grupo “O Poste Soluções Luminosas” surgiu em 2004,
em RECIFE, como grupo de Iluminação Cênica.

 

Espaço O Poste. Samuel Santos instruindo ator.


Com ele, surgiu um Espaço ideal para o seu espetáculo teatral, audiovisual e/ou musical.

Durante a sua trajetória, o Poste assessorou tecnicamente companhias e grupos, desenvolveu atividades em vários espetáculos e ministrou cursos em várias instituições.

Em 2009, com a montagem do espetáculo Cordel do Amor Sem Fim, de Claudia Barral, o grupo ampliou seu campo de atuação, tornou-se também um grupo de produção artística onde as pesquisas teatrais calcadas no resgate antropológico, aliado ao teatro físico, passaram a nortear as ações dos seus componentes. Já com esse perfil, o grupo vem, há cinco anos, em uma atividade de pesquisa na matriz africana.

Com Cordel do Amor Sem Fim, o grupo cumpriu temporadas no Recife e participou dos principais festivais internacionais e nacionais de teatro do Brasil, como: FILO (PR), Brasília Cena Contemporânea (DF), POA (RS), Festival BNB de Artes Cênicas (CE), Bienal Nacional Potiguar de Teatro (RN), Janeiro de Grandes Espetáculos (PE), Palco Giratório – PE e FITA (RJ). É detentor de 16 indicações e 08 prêmios, dentre eles: Melhor Atriz, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Ator, Melhor Sonoplastia, Melhor Direção e Melhor Cenário. Já em 2011, o grupo foi contemplado com 02 prêmios nacionais pela FUNARTE: o Prêmio de Teatro Myriam Muniz 2012 e o Prêmio Procultura de Estímulo ao Teatro 2010, ambos possibilitaram a circulação de Cordel do Amor Sem Fim por 05 Estados e 20 cidades banhadas pelo rio São Francisco.  Além das apresentações nessas comunidades, o grupo realizou oficinas de improvisação e interpretação teatral para jovens e adultos. 

Em 2013, o grupo é classificado no Edital de Fomento a Iniciativas Empreendedoras e Inovadoras — Categoria Modelos de Gestão, com a iniciativa O GRUPO O POSTE E SUAS SOLUÇÕES LUMINOSAS.

No ano de 2014, estreia, com a Lei de Incentivo às Artes Cênicas de Pernambuco, o Anjo Negro, de Nelson Rodrigues, participa do 20º. Festival Internacional Janeiro de Grandes Espetáculos, e as atrizes NANÁ SODRÉ e AGRINEZ MELO ganham, juntas, os prêmios de Melhores Atrizes Coadjuvantes do mesmo ano. Após a temporada de Anjo Negro, em setembro, o grupo inaugura o seu espaço cultural na capital pernambucana, O ESPAÇO O POSTE. Nele, apresenta a peça A Receita.
Samuel e suas atrizes premiadas.


O grupo, em novembro de 2014, cumpriu a temporada de Ombela, texto escrito pelo angolano Manuel Ruy e ganhador do Prêmio Myriam Muniz 2012, na categoria Montagem de Espetáculos. O espetáculo participou do 21º. Festival Janeiro de Grandes Espetáculos 2015 e foi ganhador do Prêmio Especial pela Pesquisa em Matriz Africana. Em julho de 2015, o grupo volta com Cordel do Amor Sem Fim, faz a “leitura dramatizada O general está pintando”, de Hermilo Borba Filho, na semana Hermilo no Centro Apolo.
Espaço O Poste - Fachada.
 

O ESPAÇO O POSTE

Da necessidade de realizar suas pesquisas, treinamento, formação e apresentação de seus espetáculos, o Grupo O Poste Soluções Luminosas idealizou o seu espaço cultural na cidade, onde não só servisse ao grupo, mas também a outros artistas. O ESPAÇO O POSTE, esse é o nome do teatro de bolso com capacidade para 40 pessoas ou mais, dependendo de sua configuração, está localizado na Rua da Aurora, 529, em frente ao rio Capibaribe.
Samuel Santos e o ator Alex em cena.


O espaço é de caráter alternativo, sem palco fixo — um dos pontos caraterísticos do ambiente, pois coloca o artista e o espectador no mesmo plano — e todo revestido com madeira e materiais alternativos, como paletes, utilizados nas paredes e em forma de acentos com acolchoamento, criando um ambiente aconchegante e próprio para uma boa acústica. Possui iluminação cênica, mas como a característica do local é fugir da caixa cênica tradicional, não possui coxias e os objetos de cena e cenários serão manuseados pelos próprios artistas, pois o espaço não possui urdimento. Esse formato torna qualquer obra encenada no espaço bem íntima, conectado à obra.
Este é o interior do Espaço O Poste.


Abrimos nosso espaço em março, e, para apresentações abertas, no dia 05 de setembro de 2014.

Em quase um ano, passaram por ele: José Manoel, que ensaiou os espetáculos COMO A LUA, SISTEMA 25 e TAPIOCA; Alexandro Silva, com SALADA MISTA, já Simone Figueiredo, Sílvio Pinto e Nilza Lisboa ensaiaram a peça OBSESSÃO. E muita gente boa passou e passa pelo Espaço.
Gente bonita neste Espaço essencial ao Recife.


Oficinas, tivemos: o baiano Nando Zâmbia, com ARÁ IZÔ — CORPO QUE QUEIMA; o Grupo O Totem, CORPO RITUAL, que culminou numa MOSTRA de PERFORMANCES; Naná Sodré ofereceu A POÉTICA DO CORPO E DA VOZ para Atores; Agrinez Melo realizou oficina de figurino, curso para criança, melhor idade, cegos.
Ensaio. Mais uma vez Samuel com Alex. 

Na linguagem popular, tivemos a oficina de Cavalo Marinho, com o mestre Grimário.

O Espaço O Poste: nosso Teatro Alternativo.
Na área de música, o show de Isaar, o show dos paraibanos Milton Dornellas e Naldinho Freire.

No audiovisual, Tiago Melo ensaiou o seu novo filme e Benedito Serafim gravou o programa de WebTV DIGAÍ.

Tivemos também o experimento cênico AMARÉ, baseado na obra de Marcelino Freire, com Natali Assunção e Analice Croccia.

Ainda tivemos uma atração internacional, o artista argentino integrante do Colectivo Âmbar, Gonzalo Alfonsín, o qual ministrou uma oficina de bufão e apresentou o solo El COLIBRI – TRAVESÍAEN MI MAYOR.

Espetáculos, tivemos: A Receita, Ombela, Na floresta a noite é mais escura, Historinhas de etc e tal, Riso Flora, O Açougueiro, Cordel do Amor Sem Fim, O Velho Diário da Insônia e vamos ter Na beira, Peba (dança) e os shows de Isaar e Patrícia Solis.

Agora, vamos retornar à nossa atividade de pesquisa na matriz africana, citada anteriormente.

Esta tem como base uma ancestralidade corporal e vocal pelo viés artístico teatral, traçando um paralelo entre as incorporações dos Orixás nos terreiros de Candomblé e Umbanda, procurando aproximar essa investigação aos processos de Michael Chekhov, Vsevolod Meyerhold, Eugenio Barba e Jerzy Grotowski.  A Dança dos Ventos, a Antropologia Teatral, a Biomecânica, a irradiação, as entidades xamânicas e o imaginário dos Orixás fazem parte do processo na construção e reconstrução dos nossos trabalhos.


 

Fotos:
Gentilmente cedidas
por
Samuel Santos


 

Contato:
samuelsantos.39@gmail.com

Izan Sant

Izan Sant

Um autor super do Bem.

Expresse-se...

Entrar

presente de artista

Bem-kete

A(s) atriz(es) mais bela(s) do sucesso “O Outro Lado do Paraíso” é (são)...? Vote em até 2.

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

msg do mês

Fillipe Ramos

Aniversariantes

  • Adriana Souto M. Sales (secretária – Paulista/PE)
  • Adriano Athayde (cantor, compos. e prod. musical)
  • Alexandre Contini (ator, diretor e produtor teatral)
  • Alexandre Melo (jornalista – Recife/PE)
  • Alexsandro Alberto (ator – Recife)
  • Ana Maria Braga (apresentadora de TV)
  • Antônia N. Santana (dona de casa – Igarassu/PE)
  • Antônio Fagundes (ator)
  • Ayrlon Douglas (universitário/Medicina – Igarassu)
  • Benedito Ruy Barbosa (novelista)
  • Bruno Gagliasso (ator)
  • Carmita Galvão (mestra em Inglês – Recife)
  • Cindy Fragoso (atriz e iluminadora – Recife)
  • Cissa Guimarães (atriz e apresentadora de TV)
  • Dagmar Maria (ass. administrativo – Itapissuma/PE)
  • Diego Henrique Duarte (instrutor/make – Paulista)
  • Drico Alves (ator)
  • Edenize Gomes (profa. de Português – Olinda)
  • Edineide Wanderley (assist administrativo, Paulista)
  • Elias da Silva Nascimento (Itapissuma)
  • Fernando Augustus (gestor/Educ., músico, Olinda)
  • Flávia Albuquerque (pedagoga – Paulista)
  • Flávia Azevedo Madureira (dira. adm. – Recife)
  • Flávia Lacerda (diretora de televisão)
  • Gabriela Duarte (atriz)
  • Gerson Santos (editor/designer – Recife)
  • Gugga Macel (roteirista e produtor – Recife)
  • Haroldo Botta (ator, diretor e cons. de Feng Shui)
  • Humberto Martins (ator)
  • Isabelle Drummond (atriz)
  • Ítalo Lima (ator, diretor, DJ, Youtuber – Recife)
  • Jhonny Oliveira (prof. de Inglês/cineasta – Paulista)
  • João Gonçalves (fotógrafo e músico – Paulista)
  • Júnior Lima (cantor e músico/baterista)
  • Kaká (jogador de futebol)
  • Kayky Buonarroti – ator – Rio de Janeiro/RJ)
  • Kristen Stewart (atriz)
  • Laura Maria Carvalho (educadora – Paulista)
  • Lorrayne Couto (secretária, Nova Friburgo, RJ)
  • Louise Cardoso (atriz)
  • Maria Thereza Carneiro (psicóloga – Recife)
  • Mariana Ximenes (atriz)
  • Miguel Vita (ator)
  • Rick Di Castro (apres.: Transamérica – Recife)
  • Roberto Carlos (cantor, compositor e Rei da MB)
  • Sofia, 8 anos (filha do ilustre casal Uchôa Filho e Glória Valcácer – Igarassu)
  • Thaís Fersoza (atriz)
  • Tiago Santiago (ator, novelista e dramaturgo)
  • Valeska de Gracia (psicot. holística, São Pedro/SP)

Eventos

  • 12. No RIO DE JANEIRO: “Champagne e Confusão”, comédia com SYLVIA BANDEIRA e ótimo elenco – De sexta a domingo – 19:30 – até dia 10 de junho, Teatro Maison de France / Avenida Presidente Antônio Carlos, 58
  • 13. Em PERNAMBUCO: Oswaldo Montenegro apresenta Serenata – 21h30 – Balcão: R$ 114, R$ 57 (meia); Plateia: R$ 164, R$ 82 (meia) – Vendas: bilheteria do teatro, lojas Ticket Folia e site Eventim – Teatro Guararapes / Centro de Convenções, s/n, Salgadinho, Olinda
  • 14. The Fevers, Pholhas e Fernando Mendes – 21h – Pista: R$ 80, R$ 40 (meia), R$ 50 (social); Mesa VIP: R$ 75; Mesa Premium: R$ 100 (quatro assentos) – Vendas: bilheteria, lojas Ticket Folia e site do Classic Hall. Classic Hall / Avenida Agamenon Magalhães, s/n, Salgadinho, Olinda
  • 17. Demi Lovato – Pista: R$ 180, R$ 90 (meia); Pista Premium: R$ 480, R$ 240 (meia) – Vendas a partir do dia 22/02 – Classic Hall / Avenida Agamenon Magalhães, s/n, Salgadinho, Olinda
  • 20. Maria Rita: “Amor e música” – 21h – Plateia baixa: R$ 204, R$ 102 (meia); Plateia alta e balcão: R$ 164, R$ 82 (meia) – Vendas: bilheteria do teatro e site www.eventim.com.br – Teatro Guararapes

FOTO DE BEM

Fernanda Santana - Foto de Bem - Esta

Facebook

Entrevista

Arquivos

VÊ, GALERA – Clica