O esperado retorno de Lucélia Santos


Texto de um fã levando em conta a liberdade de expressão.
 

A Internet, em vários sites de teledramaturgia, reverencia uma de nossas mais amadas famosas.

Pedidos, apelos, súplicas, todos enérgicos, têm um único objetivo: ver LUCÉLIA SANTOS, nossa eterna escrava Isaura, de volta às telinhas, brilhando como sempre esteve nas Lucélia Santos. Fãs aguardam o retorno da Estrela.décadas de 70 e 80, na Rede Globo.

Após sua participação em Malhação 2001/2002 (e já se vão 16 anos), onde foi protagonista, que Lucélia está afastada das novelas globais. Chegou a ser chamada, tão-somente, para participações especiais, como em Aline, Linha Direta, Casos e Acasos, por aí.

Só que a intérprete de Isaura é muito MAIS que uma simples personagem de especiais de TV. Ela é uma Diva da televisão brasileira que, se fizesse, por exemplo, uma personagem de Império — um sucesso em Portugal, exibida pela SIC —, com certeza arrebataria o dobro de fãs para a trama do espetacular Aguinaldo Silva. Nossa, explodiria a audiência da novela do Comendador que conquistou o Brasil, encarnado por Alexandre Nero.

Ela poderia ter sido, também, uma das Helenas do Maneco, que os números do Ibope iriam ao topo, ou quase.

Infelizmente ela não chegou a ser convidada para fazer a Laura de Ciranda de Pedra, de 2008; na primeira versão da obra, inspirada no romance homônimo de Lygia Fagundes Telles, Santos interpretou a Virgínia maravilhosamente bem, como não podia deixar de ser.

Por que não ter aproveitado a Lucélia na segunda Ciranda? Teria sido um show de bola.

Será um show tê-la nas próximas produções.

Nossa “Isaura” contribuiu, e muito, nos folhetins escritos por parte dos bons novelistas brasileiros; acreditamos que ela mereça um retorno em grande estilo, uma volta triunfal, com uma personagem antológica em uma próxima produção da Globo.

Lucélia, no mundo inteiro é, por sua energia, uma escrava Isaura na arte de interpretar (atua com o coração), tem a força de mil, ou mais, locomotivas, sacia nossa fome interior dos sonhos como um feijão maravilha da vida.

Natureza e água viva são com ela mesma, contendo a rigidez simpática da ciranda de pedra de Teixeira Filho, a maluquice beleza de uma guerra dos sexos trilhando o caminho em busca de uma vereda tropical, enfim gentil e talentosa que é, exala paz, como uma Sinhá Moça dos tempos da escravidão.

Amante da ecologia, a malhação que enfrenta quase sempre, como correr ou escalar a Pedra da Gávea, a mantém sempre linda, jovial e feliz.

Pensando em uma maior audiência da emissora, sonhamos com a atriz em uma de suas próximas novelas.

Fica aqui nosso pedido, em nome de todos os milhares de fãs da atriz, dos seus simpatizantes e seguidores:

O BRASIL QUER A LUCÉLIA NOVAMENTE NAS TRAMAS GLOBAIS, NÃO APENAS NO TEATRO.

Sentimos falta dessa atriz que deu vida às personagens de Nelson Rodrigues no cinema e na TV.

Pensem nisso com carinho, fantásticos e queridos Sílvio de AbreuGilberto BragaBenedito Ruy BarbosaGlória PerezWalcyr CarrascoJoão Emanuel CarneiroMiguel FalabellaAlcides NogueiraManoel CarlosMaria Adelaide Amaral, Thelma Guedes, Duca Rachid e vocês também, recentes autores da Casa, Lícia ManzoManuela Dias, Daniel Ortiz, etc(Perdão aos veteranos que não citamos, no entanto reconhecemos que são diversos e competentes autores.)

Que tal nos darem esse presente, hein?

No canal fechado MultiShow, agora em outubro, no episódio Novela de época, do Vai Que Cola, ficou claríssimo esse desejo do público, com aplausos e mais aplausos para a Lucélia.

Do fundo do coração, um imenso beijo na alma de todos vocês, diretores, novelistas e demais funcionários que compõem essa empresa-família do saudoso Sr. Roberto Marinho!

 

E vocês, colegas internautas, visitem o website da Estrela, que é o

Arquivo Lucélia Santos.
 

Já a nossa fanpage se encontra neste CLIQUE.
 

Foto: Arquivo Pessoal Izan Sant 

Izan Sant

Izan Sant

Um autor super do Bem.

Expresse-se...

Entrevista

VÊ, GALERA – Clica

msg do mês

Glória Valcácer - Msg do Mês de outrubro - 2018

VOCÊ AQUI

Camila Duarte - Foto de Bem de outubro - 2018

presente de artista

Aniversariantes

  • Adriana Calcanhotto (cantora)
  • Adrielly Henry (atriz – Recife/PE)
  • Alcina Nascimento (educadora – Igarassu/PE)
  • Ângelo Santoro (coreóg., superv./vendas – Recife)
  • César Santos (chef de cozinha – Olinda)
  • Cláudia Abreu (atriz)
  • Cléo Pires (atriz)
  • Cynthia Nunes (estudante – Recife)
  • Danilo Rojas (bailarino – Recife)
  • Dayse Figueiredo (empresária, Lulu Bijoux – RJ)
  • Eletana Targino (coord. da LFG – Alta Floresta/MT)
  • Fabinho Seven (prop. Infohouse – Recife)
  • Fagner (cantor)
  • Fellipe Maia (Cofundador Berlim Digital – Recife)
  • Fernanda Montenegro (atriz)
  • Fiuk (ator e cantor)
  • Flávio Leimig (modelo e ator – Recife)
  • Gabriela Castello Buarque (universitária – Recife)
  • Gil Ayres (universitário, UFPE – Recife)
  • Glória Menezes (atriz)
  • Ilka Nóbrega (bibliotecária – Igarassu)
  • Izabella Nóbrega (bibliotecária – Igarassu)
  • Josy Ventura (administradora, atriz – Recife)
  • Kayky Brito (ator)
  • Manuela Sena (administradora – Recife)
  • Marcella Muniz (atriz)
  • Marcello Picchi (ator)
  • Marisa Orth (atriz)
  • Miguel Falabella (ator)
  • Miguel Teixeira (produtor cultural – Recife)
  • Najla Rocha Leite (gestora adjunta – Olinda)
  • Nasaré Azevedo (profa.: Filosofia – Bezerros/PE)
  • Pascoal Filizola (ator e arte-educador – Recife)
  • Pelé (ex-jogador / Rei do Futebol)
  • Pitty (cantora)
  • Priscila Camargo (atriz e contadora de histórias)
  • Rafael Cabral (jornalista e sanitarista – Olinda)
  • Rodrigo Faro (ator, cantor e apresentador/TV)
  • Sérgio Xavier (emp. Grupo inovsi – Recife)
  • Sinho Mello (cantor/educador físico – Recife)
  • Tássio Rennalli (advogado – Recife)
  • Thais Caseli (oper.: Direirto/concurseira – Recife)
  • Tofalini (cantor/compositor – Cambé/PR)
  • Vicktor Lira (booker/modelo/ator – Banguecoque)

Eventos

  • 19. Em São Paulo/SP: Peça teatral “As Brasas”, adaptação de Duca Rachid e Julio Fisher, onde “mais do que amigos, os personagens são ‘irmãos’” – 21h – de 29/09 a 04/11 – com Herson Capri e Genézio de Barros – SESC Santana / Av. Luiz Dumont Villares, 579 – Santana
  • 20. Peça teatral “As Brasas”, adaptação de Duca Rachid e Julio Fisher, onde “mais do que amigos, os personagens são ‘irmãos’” – 21h – de 29/09 a 04/11 – com Herson Capri e Genézio de Barros – SESC Santana / Av. Luiz Dumont Villares, 579 – Santana
  • 21. Peça teatral “As Brasas”, adaptação de Duca Rachid e Julio Fisher, onde “mais do que amigos, os personagens são ‘irmãos’” – 18h – de 29/09 a 04/11 – com Herson Capri e Genézio de Barros – SESC Santana / Av. Luiz Dumont Villares, 579 – Santana
  • 26. Peça teatral “As Brasas”, adaptação de Duca Rachid e Julio Fisher, onde “mais do que amigos, os personagens são ‘irmãos’” – 21h – de 29/09 a 04/11 – com Herson Capri e Genézio de Barros – SESC Santana / Av. Luiz Dumont Villares, 579 – Santana
  • 27. Em Recife/PE: Happy Holi – 14h – R$ 55 (pista) / R$ 85 (backstage) à venda site e app Bilheteria Digital – Área externa Centro de Convenções de Pernambuco / Complexo Salgadinho, S/N
  • 27. Em São Paulo/SP: Peça teatral “As Brasas”, adaptação de Duca Rachid e Julio Fisher, onde “mais do que amigos, os personagens são ‘irmãos’” – 21h – de 29/09 a 04/11 – com Herson Capri e Genézio de Barros – SESC Santana / Av. Luiz Dumont Villares, 579 – Santana

Recomendo

Entrar

Arquivos