Portugal — em acróstico de Izan Sant

Exclusivamente para o Papo de Bem
 

Nova homenagem
a este sítio de maravilhas

 

Pacífico país: mais segurança, mais vida.
O mar engrandece este lugar, é desbravador!
Resistente, enfrentou batalhas quase infinitas
Também, no passado, terremotos e muita dor.
Universal, sua cultura está em todo o mundo.
Garantia de uma nação sem terror.
Amor por seus monumentos, vemos em tudo
Lar português, brasileiro mundo acariciador.

Portugal.

Das opções abaixo, o que mais te fascina em Portugal?

Continue lendo

Saúde: Vinho & alimentos saudáveis


Não é à toa que dizem "Saúde é o que interessa"
 

O que se deve beber e comer, para blindar nossa saúde?

Além da água e do vinho tomados na medida certa, comer inhame e batata-doce são um acerto — nem é preciso dizer por quê, pois todos já sabemos. Mas você tem inchaço na barriga?

Saúde.

Se tem, recorra aos alimentos que são diuréticos e contribuem para diminuir a retenção hídrica, o que faz reduzir esse inchaço; assim, são aconselháveis: suco de limão, melancia, morango, abóbora, agrião, beterraba, folhas de beterraba, cenoura, escarola, repolho, salsinha, tomate, broto de feijão e pepino.
 

Coma sempre carnes magras: galinha… Salmão, merluza e outros tipos de peixe.
 

Frutas que são tudo de melhor pra gente?

Seguem algumas: limão, laranja, pêra pequena, amêndoas, maçã, ameixa vermelha, acerola, kiwi, nozes, castanhas e mamão.
 

Já o que você deve evitar, olha aí

Continue lendo

De Dalva ao musical “Cauby! Cauby!”

Sylvia Massari.
Esta é a nova trajetória da atriz e cantora de musicais SYLVIA MASSARI, a juíza Branca Moreira de Totalmente Demais, sucesso global. Recentemente, na TV Globo, Sylvia tem feito uma novela após a outra: viveu a Helô de Sete Vidas, a Irmã Regina em Malhação 2013, a Ângela de A Vida da Gente, a Sílvia Aquino em Morde e Assopra, a Sarah de Caras & Bocas — estas duas tramas do Walcyr Carrasco.

Sylvia é assim, não para, pois ainda arranja tempo para o cinema e uma outra das suas paixões: o teatro. Aqui, este é o assunto que agiganta mais e mais a também intérprete de Madame Elenir, na saudosa novela do João Emanuel Carneiro, Cobras & Lagartos.
 

EXCLUSIVA ENTEVISTA.
 

IZAN SANT – Abrindo esta nossa primeira entrevista do ano, iremos falar sobre a maravilha de ver você no musical Eu Não Posso Lembrar Que Te Amei. Qual foi a sensação de viver novamente Dalva de Oliveira?

SYLVIA MASSARI É, tenho vivido Dalva há anos! Fui protagonista de "A ESTRELA DALVA", o musical produzido por Roberto Talma e dirigido por Jorge Fernando, em São Paulo, em 1988. Aqui no Rio, Marília Pêra foi Dalva. Assim, é tranquilo revivê-la. Ela vem muito fácil… Mas é sempre muito emocionante!
 

IS – Ainda haverá mais alguma apresentação de sua Dalva e do Herivelto do Tadeu Aguiar pra gente? 

SM – Estamos tentando um patrocínio que viabilize viagens. Nossa intenção é começarmos por São Paulo. 

 

IS – A Dalva com apenas um adjetivo. E o Herivelto?

SM – Dalva: EMOCIONANTE. Herivelto: ARREBATADOR.

 

IS – Como é contracenar com o nosso querido ator e diretor Tadeu (Aguiar)?

SM – Tadeu é um irmão de alma! Nos conhecemos há mais de trinta anos e nunca nos separamos. Ambos patinamos em Ribeirão Preto, no mesmo show de patinação artística, em épocas diferentes. Somos unidos, no palco e na vida.
A atriz Sylvia Massari.

IS – O momento mais marcante desse musical em parceria com o Tadeu foi…?

SM – Em Ribeirão Preto, no Teatro Pedro ll, numa plateia lotada!
 

IS – Agora veio um outro trabalho, e sobre o mito Cauby Peixoto. Conta um pouco dessa novidade para os leitores do Papo de Bem e os seus fãs, Sylvia.

SM - É uma roupagem nova do mesmo musical que fizemos anos atrás. Agora, com a morte de Cauby, eu faço a narradora da história, no papel da secretária, que o acompanhou durante 15 anos. É um espetáculo muito lindo e emocionante e esperamos que faça o mesmo sucesso de antes, quando tivemos lotações esgotadas em todas as apresentações. 
 

Sylvia Massari.
IS – Sua nova personagem é o que esperava que fosse? Ou a surpreendeu por alguma razão?

SM – É diferente! Pela primeira vez não canto em um musical!
 

IS – Classifique a energia desse novo elenco.

SM – Nora 1.000. Talentosos, dedicados e unidos. 
 

IS – Qual a expectativa-mor da Sylvia Massari com relação à recepção do público sobre esse musical de agora?

SM – Não tenho dúvidas de que será um novo sucesso na vida do Diogo e de todo o elenco. Agora, com a morte de Cauby, a emoção será maior!
 

IS – Previsão de estreia?

SM – Dia 10 de janeiro para o público, num grande Ensaio Geral!
 

IS – Uma nova mensagem súper do Bem a todos que nos leem!

SM – Feliz 2018!!!!!! Desejo a todos um ano de Paz, Amor, Recuperação de todos os prejuízos do ano que passou! Saúde!!!!

 

Entrevista com a Sylvia no musical Ou Tudo Ou Nada?

(Re)veja clicando AQUI.

Sylvia, sobre a defesa dos animais?

Continue lendo

Oito coisas que você não deve fazer com você…

… neste Ano Novo. Saúde!
 

1ª. Chorar por quem não merece.
(Chore de alegria, por uma emoção saudável ou por quem, de alma boa, a vida lhe levar.)

2ª. Dizer que não vai conseguir o que deseja.
(Grite que isso já é seu!)

3ª. Viver com remorso por algo que fez.
(Sinta remorso pelo que não fez de bom. Mas você ainda pode fazer.)

4ª. Deixar de sorrir, mesmo que suavemente.
O simples fato de arremessar um sorriso já é meio caminho andado para o seu bem-estar.

Sorriso.

5ª. Não pedir um abraço quando precisar de um.
(Peça! Nunca ouviu dizer que “o melhor lugar para se estar é dentro de um abraço?”. A Duda, de Glória Pires, diz bastante isso em “O Outro Lado do Paraíso”.)

6ª. Jamais implore o amor de alguém. Amor é bênção, não conquista forçada.

7ª. Esquecer-se de ajudar ao próximo — ajude, embora seja servindo um sopão na rua.
(Doe um pouco aos outros o que eles não têm.)

Continue lendo

Almir Rouche no Ser Tão


Imperdível o show, nesse dia 30 de dezembro, com este artista pernambucano show de bola.

Internacionalmente conhecido, principalmente por sua presença sempre marcante no maior bloco carnavalesco (recifense) do mundo, o Galo da Madrugada, ALMIR ROUCHE (cujo livro "O enigma Rouche" saiu totalmente reformulado neste final de ano, em comemoração ao aniversário de carreira do cantor) vai esquentar Serra Talhada com muita música, alegria e energia do Bem. Não perca, friend, olha o recadinho aí, em banner da Divulgação…

Almir Rouche.

Um amante dos bailes, são palavras de Almir, que, junto com os Caboclinhos Carajós, foi reverenciado pelo Carnaval do Recife neste ano:

"Cantei em bares, na banda Status, em outra banda, a Diplomata, e me apresentei, com ela, nos bailes, minha grande escola. Só mais adiante, eu me dediquei à técnica vocal, à leitura de notas musicais, o que me valeu a atribuição da carteira da Ordem dos Músicos."

E ó

Continue lendo

Beijos e beijos — Flash Especial


Beijos e beijos.

Beijo desejo, beijo bombom, beijo festejo, 
beijo batom, beijo barato, beijo baleiro, 
beijo básico, beijo belo, beijo veleiro, 
beijo bolero, beijo bardo, beijo brejeiro, 
beijo bagaço, beijo beijoca, beijo goleiro, 
beijo babosa, beijo balbúrdia, beijo bombeiro.
 

(De Izan Sant exclusivamente para o Papo de Bem.)


Beijos e beijos, portugueses, brasileiros ou não, são abraços molhados, friends.

Continue lendo

Feliz Natal, Recife de todos os tempos!


Por Wilton Carvalho

As imagens, assim como o título do nosso post, já dizem a que vieram.

Que o primo Armando da segunda foto seja cada um de vocês, friends, a quem desejamos uma vereda de coisas boas neste Natal e no Ano Novo!

CARTAO DE ANO NOVO
 

Recife. Palavras de um Natal distante.
 

Recife. Avenida Guararapes comemorando o Natal.
 

Recife. O das luzes de neon.
 

Recife. Mais uma felicitação do ontem.
 

Recife. Avenida Rio Branco atualmente.
 

Ótimas Festas aí, com esta nossa segunda/última foto atual da matéria

Continue lendo

Gelatina de Natal

Uma receita que brasileiros e portugueses irão adorar.


INGREDIENTES:

1 caixinha de gelatina em pó sabor limão; 2 caixinhas de gelatina em pó sabor morango; 1 bandeja de morangos; 1/2 caixinha de chantilly (100 ml).
 

MODO DE PREPARO:

1 -  Prepare a gelatina sabor limão, conforme instruções da embalagem. Despeje em taças e as coloque em um recipiente, de forma que as taças fiquem inclinadas e leve à geladeira para a gelatina firmar. Observe as imagens abaixo:
Gelatina de Natal

Gelatina de Natal.


2 -  Prepare as gelatinas sabor morango, conforme instruções da embalagem, coloque nas taças juntamente com a gelatina de limão já endurecida e acrescente os morangos picados. Retorne à geladeira para firmar.

Gelatina de Natal.


3 -  Chantilly. Antes da caixinha ser usada, deve ficar na geladeira por 12 horas ou no congelador por 40 min. Após, bata na batedeira em velocidade média até ficar uma consistência firme.

Gelatina de Natal. Finalizada.


O 4o. passo é

Continue lendo

Um remédio para a tristeza


Diversas vezes as frustrações do dia-a-dia pisoteiam você, e elas são muitas, não é mesmo?

Às vezes são as amizades falsas, decepção no trabalho, falta de amor, de vida Só pra citar umas.

Pegando carona nessas pisadas, vem a tristeza, aquele vazio arrancando tudo de dentro de você. A desarmonia — oportunista — aproveita e se instala.

Como sair dessa areia movediça pra voltar a viver, friend?
Saúde. Em coisas tão simples de se fazer.

Caso sejam as falsas amizades, esqueça cada uma, substitua.

Você se decepcionou com algum(a) colega de trabalho? Identifique seus pontos de erros e acertos em relação à situação de atrito com a pessoa, converse, peça a ela que faça o mesmo e tente se acertar. Mal-estar no trabalho, por causa de alguém, não tá com nada!

Se for a falta de amor, um novo amor, cedo ou tarde, é o remédio recomendado. Busque!

Pra falta de vida, especificamente, cada ser humano tem a sua própria válvula de escape. Qual a sua?

Mas, pra tristeza sem motivo aparente, a que surge do nada, ou você não consegue achar o “vilão” provocador dele, se houver um, acredito que caminhar contra o vento, com os pés na areia da praia, visualizando o mar e sentindo a sua energia positiva, ajude.

Ou, quem sabe, um livro contendo uma história instigante, comovente e, ao término, alto astral, seja a cura pra você.

Visualizar o mar acalma a gente

Continue lendo

Conto: “Tempo de amor”

(Recriado do meu conto original de 09/06/2007 -  Izan Sant)
 

— Carol! — gritou do terraço o pai quarentão, chamando-a. — Tá na hora do seu encontro, filha! Ele já deve estar te esperando no coqueiral do Forte Orange!
Praia de Itamaracá. Foto - IS.Sem resposta, seu Agenor deu-se ao trabalho de ir ao quarto rosa da mocinha. Enquanto se arrumava, Carol ouvia, da Rádio Recife FM, Deusa de Itamaracá, por Almir Rouche.

Entrando, o pai sorriu, feliz, ao vê-la metida em seu claro e alegre vestido de manhã de sol. Uma rosa branca nos cabelos encaracolados, os lábios em rosa acentuados pelo brilho, o sorriso angelical a colorir o rosto de criança num belo corpo de mulher, aos 15 anos. Ela abandonou o espelho, virando-se.

— Tô bonita, pai?…

— Um encanto, meu anjinho!…

Aproximou-se dela e a beijou no rosto. Emocionado, sussurrou:

— Vai com Deus, minha filha… Vai ao encontro da tua nova vida, vai… — e afastou-se, indo ao seu quarto, não queria que ela o visse chorar. Carol havia assistido demais a esse espetáculo havia 7 anos, quando no terrível momento do divórcio. Ela merecia trégua eternamente.

O antigo relógio-cuco da sala cantou 8 horas e, por um instante, Carol quase caiu em lágrimas, porém se conteve. Fitou a porta do quarto e leu, para seu consolo, a máxima de Amado Nervo, pregada num camurça em formato de coração:

“Sempre que houver um espaço em tua vida, enche-o de amor.”

Ela respirou fundo, munida de força, sorriu e se foi sem olhar para trás, linda…

Pela beira das paradisíacas praias da Ilha de Itamaracá, as delicadas mãos na saia do vestido, sob um sol magnânimo, aquela garota que, um dia, sonhara em ser tão brilhante atriz quanto a Sylvia Bandeira e a Alcione Mazzeo, corria cinematograficamente… um deslumbre!

O coração palpitava no peito, ansioso, a respiração ofegante quase a sufocava, mas a esperança lhe abria um sorriso amigo. “Estou aqui”, era como se esse sentimento “verde” se pronunciasse com suavidade.

Cansada de correr — uns minutos do percurso já haviam se passado —, Carol estacionou: finalmente chegara ao coqueiral! O coração, então, prestes a explodir de tamanha ânsia; o vento fazia os seus cabelos dançarem, frenéticos…

— Ai, meu Deus, cadê ele?… — perguntou-se ela, atirando olhares em todas as direções. Ali, só o Forte, barracas, turistas e lanchas que atravessavam o mar no sentido da ilhota Coroa do Avião.

Nada! Tempo de espera… Angústia… Ex-entusiasmo… Decepção?!

— Ôxe… — murmurou, com desânimo.

Eram já 11 horas quando Carol não quis mais ficar. Deu uma rabanada para um pardal que tinha pousado na grama à sua frente, esmagou, sem ver, uma esperança que ali apareceu, largou a rosa branca no chão e se pôs a andar de volta para casa. Triste. Bom, na verdade, até mais do que triste: infeliz.

— Ei, Ana Carolina, aqui! — uma voz de homem a chamou.

Inundada de vida, ela se voltou na direção daquela voz tanto esperada!

Continue lendo

Entrar

presente de artista

Bem-kete

Quais desses cantores pernambucanos você mais admira? Pode votar em até três.

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

msg do mês

MSG DO MÊS - Josy Ventura - Esta

Aniversariantes

  • Alexandre Borges (ator)
  • Alexandre Guimarães (ator – Recife/PE)
  • André Brasileiro (ator – Recife)
  • Angélica Zenith (atriz e jornalista – Recife)
  • Babi Zavarezzi (designer e Social Media)
  • Bernardo Cavalcanti (sócio-diretor/Lulu Bijoux, RJ)
  • Carminha Ramos (mestra: Port./Inglês, Paulista/PE)
  • Christiane Torloni (atriz)
  • Dan Félix (ator – Recife)
  • Danielle Cruz (profa./Matemática, Itapissuma/PE)
  • Filipe Endrio (ator – Recife)
  • Gabriel Braga Nunes (ator)
  • Gabriela Maldonado (odontóloga, Florianópolis/SC)
  • Gil Tatzu (modelo)
  • Gustavo R. Accioly (sócio-diretor KOOK – Olinda)
  • Isis Valverde (atriz)
  • Jairo Saueressig (comis. de voo – Campo Bom/RS)
  • Jango Ubeda (advogado – Itamaracá/PE)
  • Jeovah Santiago (professor de Inglês – Paulista)
  • Karen Annuza (designer e fotógrafa)
  • Latino (cantor)
  • Lenine (músico e cantor)
  • Maiza Morais Cavalcanti (modelo/aeromoça, Recife)
  • Marcela Almeida (profa./Francês, Rio das Ostras)
  • Marcelo Hoffmann (EREMB – Recife)
  • Márcia Saber Viver (profa./Português, Curitiba)
  • Marco Aurélio Lioi (advogado)
  • Marco Pigossi (ator)
  • Mariângela Lima (atriz – Recife)
  • Martinho da Vila (sambista)
  • Neto Ferreira Silva (segurança – Itapissuma)
  • Neymar (jogador)
  • Nilza Lisboa (atriz – Recife)
  • Paulo de Castro (produtor cultural – Recife)
  • Pepeu Gomes (cantor e guitarrista)
  • Priscila Cardoso (atriz – Recife)
  • Priscila Fantin (atriz)
  • Renata Sorrah (atriz)
  • Roberta Alves (gestão/marketing – Igarassu)
  • Rubens Oliveira (geógrafo – Limoeiro do Norte/CE)
  • Sílvia Pfeifer (atriz)
  • Sylvia Bandeira (atriz, cantora e escritora)
  • Taylor Lautner (ator e artista marcial)
  • Ticiana Mery (educadora – Abreu e Lima/PE)
  • Waléria Vivian Pontes (opereradora, Itapissuma)
  • Wylliams Chalegre (hair stylist – Recife)
  • Zita Negromonte (educadora – Paulista)

Eventos

  • 02. Almir Rouche no “Baile do Siri na Lata” – às 22h – R$ 120, R$ 60 (meia), R$ 150 (open bar), R$ 500 (mesa para quatro pessoas), R$ 3.000 (camarote para dez pessoas – Vendas no site www.vamoz.com.br – Clube Português / Avenida Conselheiro Rosa e Silva, 172, Graças
  • 16. Almir Rouche: em Surubim/PE – às 22 horas
  • 21. Manolo – 20h – a partir de R$ 5,00 – Terra Café Bar / Rua Monte Castelo, 102, Boa Vista – Telefone: 99717-2367

FOTO DE BEM

Raphael Targino - Foto de Bem

Facebook

Entrevista

Arquivos

VÊ, GALERA – Clica