Felipe Lima por inteiro

Felipe Lima em foto de Robert Schwenck.
ESPECIAL
ENTREVISTA

 

Antenado com a Arte,
ele busca sempre bons horizontes
no Universo da Interpretação,

e não se limita!


Sangue bom exibiu seu último capítulo no início de novembro, mas a atuação deste rapaz ficou marcada na memória dos telespectadores.

Considerado um dos jovens galãs da novela, o evidentemente belo 

FELIPE LIMA

viveu um mau-caráter na trama, o Xande, que, em seguida, se transformou num bom moço.

Bem, as qualidades desse novo moço o ator tem de sobra!

Comprove com o 

Felipe por inteiro.


Trata-se de mais uma entrevista gostosa e inteligente que tive o prazer de fazer. Rumo a ela, então? 
 

COMEÇAMOS
PELO
PERSONAGEM…


IZAN SANT – Você fez laboratório pra o Xande, observando as pessoas, ou lendo sobre as personalidades ou assistindo a vídeos?

Sim, pois foram dois perfis completamente diferentes num mesmo universo. 

FELIPE LIMANão fiz laboratório… não para isso, pelo menos. Quando recebi a sinopse do Xande, dizia-se que ele era Filho de Brenda — Letícia Isnard —, 19 anos, um típico 'machinho alfa', bonitão e simpático que começa a trama trabalhando de 'amigo de aluguel'", e a primeira coisa em que pensei foi “amigo de aluguel???”, a segunda foi “19 anos???”. (Risos.) A partir daí comecei a pesquisar sobre a profissão dele, pessoas que “alugam amizade”, e, como já disse em algumas entrevistas, cheguei, inclusive, a pensar em “me alugar” como amigo na vida real para ter essa experiência… para saber “como seria”… mas acabei desistindo… conversei com algumas pessoas que tinham sido “amigos de aluguel” e, a partir do relato das experiências delas, comecei a pensar em construir esse personagem. Depois disso, como o personagem era relativamente mais novo que eu, parei de malhar e comecei a fazer a barba todos os dias, para aparentar mais “moleque”, ficar com menos cara de homem e mais de menino. Em relação à trajetória do Xande no decorrer da novela, não pensei em observar ninguém, pois acho que todos nós temos um pouco de “tudo” dentro da gente… ninguém é uma coisa só… “só gente boa, só tímido, só mau-caráter, só amoroso… temos tudo isso junto e misturado”. Ao contrário de muita gente, eu nunca vi o Xande como mau-caráter. Acho que ele é um típico garotão de 19 anos, que cresceu numa casa com valores éticos e morais um tanto distorcidos. Como foi dito na própria trama, ele largou a escola antes de se formar no segundo grau por sofrer bullying por ser pobre, a mãe dele nunca o deixou seguir o sonho de ser mecânico, pois não dava dinheiro nem status… e o incentivou a se tornar amigo de aluguel para “faturar em cima dos trouxas”, enquanto ela obrigava o marido a copiar as obras de arte da mãe dele para que ela pudesse revender os originais e ficar com o dinheiro. Então acho as atitudes e escolhas dele totalmente justificáveis… elas não caíram do céu… pelo contrário… e acho que ele começou a se perceber, a tomar consciência de que a trajetória que ele vinha trilhando não era bacana quando ele se aproximou do Filipinho e da Rosemere — Josafá filho e Malu Mader. Quando ele começou a ter bons exemplos dentro de casa, quando ele viu o que era uma relação de amor entre “mãe e filho”, o que era ter um amigo de verdade… o que era uma pessoa que corre atrás dos próprios sonhos… tudo isso foi acontecendo ao longo da trama, não foi uma coisa abrupta, “capítulo 19 de um jeito, 21 de outro”. Foi sendo construído…
 

Felipe Lima - Foto de Sergio Santoian. 

IS – Bullying, uma triste situação muito presente nos dias de hoje! O Xande praticou bullying, e agressivo, no início da trama. Como você enxerga essa questão que aflige muito mais as escolas e a humanidade? 

FLAcho que esse tema vem sendo muito discutido nos dias de hoje e acho essa discussão de extrema importância. No meu tempo de colégio as coisas eram diferentes. Existia o “bullying”, mas as coisas eram tratadas de uma forma diferente… parece que ninguém tomava partido. As coisas eram tratadas como “zoação de moleques”, “brincadeira de criança”, e ficava por isso mesmo. Estamos vivendo um momento — e essa mudança de pensamento vem acontecendo aos poucos — onde não é mais aceitável a discriminação, seja ela qual for. Não é “politicamente correto” o preconceito de cunho social, racial, físico ou sexual. Os responsáveis pela educação, sejam os pais ou os professores, precisam intervir sempre que necessário. As diferenças existem. Ninguém é igual a ninguém e ninguém precisa ser igual a ninguém para ser respeitado, para ter sua dignidade no ambiente escolar, no ambiente social ou de trabalho. É uma questão de educação, de princípios… e, infelizmente, nem sempre temos bons exemplos em casa, como no caso do Xande.FL - Foto de Robert Schwenck.


IS – Conta a verdade pra galera, que quer saber. A relação final do Xande com o Filipinho chegou a surpreender você ou não? 

FLNão. Desde o início da novela eu já sabia que a trama poderia enveredar por esse caminho. Particularmente, acho a relação deles muito bonita, singular, é totalmente baseada em um tipo de afeto muito raro nos dias de hoje: verdadeiro, puro, desinteressado. Eles são mais do que amigos, são quase como "irmãos", apesar de não serem da mesma família. E acho que esse tipo de afeto cativa, conquista. Então, apesar do Xande não ser gay, nunca ter se interessado por homens, a relação que ele construiu com o Filipinho ao longo da trama poderia passar por esse viés… Sem dúvida, estamos falando de uma relação de amor… sem rótulos.
 

IS – Do seu ponto de vista, com exatidão, o texto da autora Maria Adelaide Amaral, bem como o do Vincent Villari é…? 

FLÁgil, divertido, irônico, cheio de camadas… enfim, sensacional. Eu ficava ansioso para chegarem os capítulos novos para poder ler, acompanhar não só o meu personagem, mas os outros também… me divertia muito. Li os 160 capítulos, sabia da trama de todos os personagens. Ficava conversando com eles na minha cabeça. Foi um prazer enorme fazer parte dessa novela, poder contar essa história.
 

IS – A galera quer saber, Felipe.

Qual era o clima nas gravações de Sangue bom

FLO clima era excelente. O Dennis Carvalho, nosso diretor de núcleo, tem esse talento. De conseguir reunir em uma produção não só bons atores, bons profissionais, mas também pessoas “do bem”, gente divertida, altoastral… É um privilégio trabalhar nesse clima. Todos, sem exceção, desde os câmeras aos figurinistas, aos camareiros,  aos assistentes de produção, à direção,aos atores, aos diretores. Era tudo muito divertido.


CONTINUAMOS,
AGORA,
COM O
MULTIARTISTA…

 

Felipe Lima - Foto de Mário Canivello. 
IS – Você se formou em Publicidade e Propaganda pela PUC carioca, estudou canto e dança contemporânea, fala três idiomas… No entanto, atuar é mesmo a sua praia? Apenas atuar?

Continue lendo

Lulu Bijoux: Quiosque show

Por Dayse Figueiredo
 

Famosos marcam presença no lançamento do quiosque da Lulu Bijoux

Eva Tudor fez questão de prestigiar o “Cantinho das Estrelas”

O mês de novembro chega com novidades na LULU BIJOUX, que acaba de lançar uma linha de joias em prata. São peças exclusivas que prometem causar sensação nesta e em muitas outras estações.
Quiosque Lulu Bijoux.Pulseiras, gargantilhas, brincos, anéis, pingentes… Ufa! Um mundo de variedades que deixa cada um dos passantes com desejo de levar tudo para casa. Na nossa próxima coluna vamos fazer um especial apenas com essa linha que já tem atraído olhares de todos os cantos.

Quem marcou presença — e é apaixonada por pedras preciosas — foi a atriz global EVA TUDOR, a dona Josefa de O cravo e a rosa. Simpática e assídua frequentadora da Lulu Bijoux, Eva fez questão de conhecer o quiosque e levou lindas peças. A atriz, sempre muito sorridente, ainda tirou uma foto com a equipe da Lulu.
Eva Tudor na Lulu Bijoux.
Famosa por conta de seus textos, REGIANA ANTONINI, que brilha nos palcos e na telinha da TV Globo, também marcou presença. A autora, diretora e atriz (que tem arrasado em Adorável Psicose — Multishow) também conferiu as belezas do universo das joias da Lulu.
Regiana Antonini na Lulu Bijoux.
A cantora ÁUREA MARTINS, que, por sua vez, dá shows nos palcos com peças exclusivas da Lulu Bijoux, passou para ver de perto a estrutura do quiosque da Lulu.

Continue lendo

Super de bem com a vida

No Caminito - Buenos Aires.
Desta vez, no ENTREVISTA, fizemos laços com a língua inglesa. Conversamos com CLAY YURI ROSENBERG, professor de Inglês e tradutor, natural de Vitória do Espírito Santo, mas residente na pernambucana Paulista. 

De um modo geral, como diz o próprio docente, ele ama a vida, a existência: “Adoro fazer amigos, e facilmente me proporciono viver e não ter a vergonha de ser feliz!”
Clay Yuri.
Nesse bate-papo que promete, dicas do aprendizado do idioma, intercâmbio cultural, inglês com tecnologia… É ler e constatar um senhor aprendizado!

 

IZAN SANT – O que o levou a enveredar por esta profissão? 

CLAY YURI ROSENBERG – Sempre quis ser professor, brincava de escolinha com meus irmãos, primos e primas, onde dava aulas, passava exercícios, enfim, sinto que é por vocação.
 

IS – Qual sua opinião sobre o intercâmbio cultural feito com mais intensidade aqui em Pernambuco? O programa Ganhe o mundo vale, mesmo, a pena? 

CYR – O intercâmbio cultural é algo importante para quem quer ter fluência numa língua estrangeira, pois a vivência daquela língua no dia-a-dia faz com que a pessoa a fale com mais naturalidade. E quanto ao programa “Ganhe o mundo”, acho superválido e interessante que o governo do Estado dê essa oportunidade àqueles que querem aprender e falar uma língua estrangeira.
 

IS – A língua inglesa, verdadeiramente, abre as portas para um futuro melhor? Como vê isso?CCAA - Local de trabalho de CYR. 

CYR – Sem dúvida, ter o inglês fluente em muitas empresas aumenta em mais de 50% suas chances de melhorar de salário e de um bom emprego. Eu vejo que o mundo globalizado e o inglês como a língua dos negócios fazem com que pessoas que falam esse idioma tenham mais chances em muitas profissões.
 

IS – Uma dica — ou umas — aos jovens estudantes do inglês, visando a facilitar o aprendizado do idioma! 

CYR – Ver muitos filmes de língua inglesa no idioma original, escutar muita música, estar ao máximo em contato com a língua inglesa e tentar participar de um grupo onde só se fale em inglês para manter a prática, já que aqui no Brasil não temos o inglês como segunda língua.
 

IS – Você tem preferência por algum método ou abordagem?

Continue lendo

Para sua casa no Natal


Já que o Natal, essa festa de paz, está chegando, nada melhor que um olhar natalino todo especial pra dentro da sua casa: os círios, arranjos e presépios criados por Geneci Martelli vão encher o seu lar de luxo e beleza! Então, momento de ver, curtir e adornar, pessoa linda! Clicando nas peças, você poderá vê-las melhor, vambora
Círio de Natal. Círios natalinos.
Presépio.
Olha só outros deslumbres de arranjos

Continue lendo

Musical sobre Cazuza brilha nos palcos cariocas


Lulu Bijoux assina os acessórios da peça que tem esgotado as bilheterias no Rio

No Theatro Net Rio, em Copacabana, CAZUZA – PRO DIA NASCER FELIZ só tem motivos para comemorar. Em cartaz desde o dia 04 de outubro, a peça tem tido sessões esgotadas. O ator EMÍLIO DANTAS está brilhante no papel-título, é o mesmo que ver Cazuza em cenas e canções. A LULU BIJOUX assina os acessórios da montagem que é sucesso no Rio.
Cazuza - Espetáculo.
“Não quero que me imitem. Não quero ninguém atrás de mim. Tenho muito medo de ser porta-voz de qualquer coisa”.  Nesta declaração de 1988, CAZUZA já profetizava o inevitável. O talento instintivo e avassalador, o temperamento explosivo, a linguagem única e libertária fizeram dele um ícone sem precedentes na cultura contemporânea produzida no Brasil. Muito mais do que isso: ainda que à revelia, foi, mesmo sem pretender sê-lo, o grande cronista da juventude brasileira dos anos 80. Morto em 1990, aos 32 anos, no auge da carreira, foi alçado a precoce e definitivo mito no imaginário brasileiro. E que pela primeira vez tem sua breve e trepidante trajetória contada nos palcos, através de Cazuza Pro Dia Nascer Feliz, o Musical, de ALOÍSIO DE ABREU, com direção de JOÃO FONSECA.
Cazuza - Espetáculo musical. 
O espetáculo reúne alguns dos maiores clássicos de Cazuza em carreira solo ou no Barão Vermelho, como Pro Dia Nascer Feliz e Codinome Beija-Flor. Canções como Bete Balanço, Ideologia, O Tempo não para, Exagerado, Brasil, Preciso dizer que te amo, Faz parte do meu show estão presentes no roteiro, que reserva espaço também para composições de Cazuza que ele nunca chegou a gravar, como Malandragem, Poema e Mais Feliz.

Continue lendo

Colares que são tendência

Por Dayse Figueiredo


Colar em couro.
Tendência que te quero

Com sobreposições ou camadas, eles aparecem agradando o público feminino com diversos tipos de materiais. 

Para muitos gostos e estilos, o acessório que não sai do hit da moda tem conquistado mais adeptas a cada dia.

Sofisticação e conforto são palavras fortes que marcam a mulher que opta por uma destas peças.
 


Em
couro
Colar - em couro.
 

Tendo fios trançados ou em couro encerado, eles chegam com muita ousadia e completam o look mais casual.

Se é para ir na balada ou no barzinho, eles ficam incríveis.


Essas sugestões ainda possuem essas pequenas pecinhas que são folheadas a ouro. 

A ideia é não perder o requinte e dar um toque de suavidade à peça.

Não tem como não se apaixonar.

 

 

 

Arrasando
com miçangas

Colar de miçangas.

 

Mas este estilo de colar pode também ser usado no passeio pela praia, em uma viagem pelo litoral ou até mesmo para um look mais floral.

Eu poderia defini-lo em uma palavra: romântico.

Para as mais delicadas minha, sugestão é o colar em camadas feito com este degradê de missangas.

Encontrado em cores variadas, ele vai chamar atenção para o colo feminino.

Continue lendo

Célia Lourette: competência na gastronomia pernambucana


Ser extremamente hábil no que se faz profissionalmente não é para qualquer um, sobretudo no ramo gastronômico de boas estrelas, um dos mais sutis que existem. Alguns profissionais dessa área, entretanto, tiram de letra o bom desempenho no segmento. Entre estes, encontra-se a Chef de cozinha CÉLIA LOURETTE.
Célia Lourette.Ela atua em um renomado restaurante recifense, sobre o qual nos fala aqui com profundo afeto — além de tocar em assuntos que são sua especialidade, falar sobre sua vida, seus amigos e de encher nossos olhos com deliciosas imagens de alguns de seus pratos e umas, de um luxo só, do estabelecimento em que trabalha.  

Saiba um pouco mais sobre esta expert da gastronomia em sua ENTREVISTA para o Papo de Bem.

IZAN SANT – Por que optou pelo ramo da gastronomia? 
CÉLIA LOURETTE – Pela paixão, sempre fui fascinada pelo mundo da gastronomia. Comecei a cozinhar aos 9 anos.
Prato 1 - RMB.
IS – Como surgiu a sua história com o Restaurante Manuel Bandeira? 
CL – Estava terminando o curso de gastronomia, e recebi a missão de assumir o Restaurante Manuel Bandeira como Chef e gestora, eu e Chef Ramon Vieira, o qual foi e é meu braço direito.

Caricaturas Manuel Bandeira.

“Os pratos do restaurante levam o nome de poesias e crônicas do poeta Manuel Bandeira.” (Célia Lourette)
 

IS – O requinte da cozinha, hoje, depende de uma grande importação de ingredientes, ou os temos aqui mesmo, no Recife?

Continue lendo

Acessórios maravilhas da Lulu Bijoux

Por Dayse Figueiredo
 

É com grande prazer que estreamos essa coluna que vai arrasar. As tendências que estão movimentando as passarelas e brilham nas ruas, você vai encontrar por aqui. Pensando em você, que está sempre antenada com o mundo fashion, vamos falar sobre os acessórios que vão dar destaque àquela produção especial. Noite ou dia. Casamento ou formatura. Vou dar dicas para valorizar ainda mais seu look. Pulseiras, colares, pedras, pingentes… Ufa!
 

Maxi colar
Maxi colar
é de arrasar

 

Maxi colar é um acessório que tem conquistado as mulheres a cada dia e tem se tornado quase que indispensável. Caiu no gosto das famosas como Fátima Bernardes, que não abre mão de combinar a peça com um brinco argola e um anel duplo.

Vale ressaltar que o Maxi colar é para ser usado com roupas mais discretas, assim ele consegue se destacar ainda mais sem competir com o figurino.

Pode ser usado tanto para ir ao shopping, pegar um barzinho, cinema ou balada.

O importante é usar a moda a seu favor.

Adoro!

 

Pulsira Shamballa
Shambalas
chegaram para ficar

 

As pulseiras Shambalas são produzidas originalmente com esferas de pedras preciosas e diamantes, interligadas por um fio trançado na trama macramê. Pensando, nisso a Lulu Bijoux  criou uma coleção inspirada nas peças originais.

Feitas com requinte e bom gosto, a peça pode ser usada em diferentes ocasiões e por mulheres de todas idades. Acreditem, os homens estão começando a querer usar também…

Com um significado místico, elas podem ser encontradas também com o “Olho Turco”. Charmosas!!!
 

 

Colar de Franja
Franja
que te quero

 

Tenho que confessar que sou apaixonada por esses colares. Se existe um acessório que atravessou as décadas com glamour e ganhando ainda mais estilo, este é o colar de franjas.

Encontrado com uma infinidade de materiais, ele fica lindo com uma camiseta branca e uma calça jeans. Não é uma peça que possa ser usada com um look muito carregado, então é bom tomar cuidado na hora de decidir qual será a produção do dia. Ele ficou bem famoso nos anos 20, com as melindrosas.

Continue lendo

Adidas by Stella McCartney – Primavera/Verão 2014


Stella McCartney adidas Cycling.
Na segunda quinzena do mês de setembro, a 

Adidas by Stella McCartney 

apresentou, na Semana de Moda em Londres, a 

Coleção Primavera/Verão 2014,

com um conjunto eclético de cores, atraindo o cliente para o ar livre com sua fusão de brilhos vivos, linhas retrôs e estampas arrojadas.

A nova coleção é apresentada em um visual emocionante, o tão aguardado lançamento mundial durante a 

London Fashion Week.

Focada nas estruturas femininas elegantes e nas combinações de texturas inovadoras, a coleção une estilo, destaque esteticamente atraente e desempenho funcional supremo. 

“Nesta temporada, eu estava realmente inspirada por paisagens urbanas, e os tons de cores e dimensões do horizonte. Há um jogo de contrastes: as linhas  The Run e  Cycling são gráficas, enquanto a linha Studio tem uma pitada de retrô legal.

Eu tenho muito orgulho de oferecer uma coleção que incorpora elementos sustentáveis, sempre que possível: nesta temporada, não só usamos algodão orgânico, como fio reciclado e a tecnologia corante a seco, mas também temos feito um esforço real para reduzir os resíduos em excesso", diz Stella McCartney.

As linhas Run e Cycling desta temporada consistem em desenhos futuristas e atendem a um conjunto de cores (bloco de cores), utilizando contrastes dinâmicos que ocorrem com fortes formas geométricas, tons ferozes, em silhuetas bem femininas; estampas de verão margarida e painéis transparentes são amplificados por acentos de cores ousadas e saídas inesperadas do corte.

Com o aumento da temperatura, o pioneiro em tecnologia Climachill Tees mantém o corpo confortável por meio de tecidos respiráveis instalados com instantâneos pontos de resfriamento.

As peças são TechFit, beneficiando a partir de tecidos de compressão e aplicação bandas de PU (Poliuretano) em áreas específicas, garantindo vestibilidade e uma funcionalidade legal, mesmo durante os mais exigentes treinos físicos.
Stella McCartney adidas Run 01. 
Stella McCartney adidas Run 02.
Stella McCartney adidas Run 03.
Stella McCartney adidas Run 04.
Stella McCartney adidas Run 05.
Stella McCartney adidas Run 06.
Stella McCartney adidas Run 07.

A linha Low Waste tem rastros brilhantes e um cinza suave, que são complementados por shorts e uma camisola de manga curta, disponìveis em branco e hortelã luz; a Adidas by Stella McCartner introduz novas peças de alta sustentabilidade para suas linhas.

Continue lendo

Uma carga de sucesso


Assim começou a trajetória de SYLVIA BANDEIRA como escritora.
Sylvia Bandeira e seu livro.
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Aqui, com sua filha MELINA, no lançamento de seu livro Mamãe costura e esta noite vou te ver, Sylvia experimentou o gosto do sucesso no mundo das Letras.

Melina e sua mãe Sylvia Bandeira.
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ALCIONE MAZZEO, atriz amabilíssima de nossa TV, também prestigiou a amiga de profissão na Noite de Autógrafos. Gentis e deslumbrantes mulheres dos palcos reunidas.
Alcione Mazzeo e Sylvia Bandeira.
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Entre tantos outros amigos e fãs presentes, a adorável LAVÍNIA VLASAK não podia faltar no evento da sobrinha-bisneta do escritor Manuel Bandeira. Elas trabalharam juntas em Vidas opostas, de Marcílio Moraes.
Com Lavínia Vlasak.

Continue lendo

Entrevista

VÊ, GALERA – Clica

msg do mês

Carol Ribeiro - Olinda

VOCÊ AQUI

Você Aqui - dezembro de 2018

presente de artista

Aniversariantes

  • Adriana Caetano (consultora – Igarassu/PE)
  • Adriana Esteves (atriz)
  • Adriane Pessoa (educadora – Igarassu)
  • Alinne Moraes (atriz)
  • Ana Alice (concl. Ens. Médio, Paulista/PE)
  • Brad Pitt (ator)
  • Carla Faour (atriz, dramaturga e roteirista)
  • Carlos Pedrosa (empresário – Itamaracá/PE)
  • Claudemir Gomes (prof. de Matemática – Igarassu)
  • Cláudia Raia (atriz)
  • Cynthia Peixoto (profa. de Português – Paulista)
  • Daniel Ávila (ator e professor de teatro)
  • Daniel Menezes (DKM Informática – Itamaracá)
  • Danielle Winits (atriz)
  • Fábio Bianchinni (ator/produtor – São Paulo/SP)
  • Fernanda Ribeiro (secretária – Igarassu)
  • Geneci Martelli (artista plástica – Tapurah/MT)
  • Gilson De Paula (ator – Recife/PE)
  • Giulia Gam (atriz)
  • Janaína Ana (Enfermagem – Itapissuma/PE)
  • Josenita Pereira (educadora – Itamaracá/PE)
  • Juliana Marcolina (intérp./Libras, Abreu e Lima/PE)
  • Leandro D’Melo (ator)
  • Leonardo B. Campos (cartorário, ator – Triunfo/RS)
  • Marcio Jorge Correa (Goods Layer, Entre Rios/AM)
  • Márcio Rosário (ator)
  • Marcondes Oliveira (biólogo – Recife)
  • Mariá Coutinho (turismóloga – Recife)
  • Osmar Nascimento (diretor executivo – Paulista)
  • Pedro Antônio (prof. de Inglês – Paulista)
  • Ricky Martin (cantor e ex-Menudo)
  • Rita Lee (cantora e compositora)
  • Rodrigo Andrade (ator, cantor e compositor)
  • Rodrigo Geraldini (biólogo – Conchal/SP)
  • Samuel Santos (diretor e produtor teatral – Recife)
  • Selton Mello (ator e diretor)
  • Victoria Diniz (atriz)
  • Walcyr Carrasco (escritor, novelista e dramaturgo)

Eventos

  • 01. “O Amante Pintor de Molière”, peça teatral com o ator Alex Albert e outros – Espetáculo Gratuito – 15h – Teatro Clênio Wanderley / Casa da Cultura, Raio Sul, 2o. andar – Recife
  • 02. Elba Ramalho, em “CAIXA de Natal” – 18h – Gratuito – CAIXA Cultural Recife / Avenida Alfredo Lisboa, 505, Praça do Marco Zero, Bairro do Recife – Telefone: (81) 3425-1915
  • 07. Encontro da Jovem Guarda, com The Fevers, Trepidants, Walter Ventura, na máquina do tempo – 17h – R$ 30 – Clube Ares Cisnes / Av. Cruz Cabugá, 2160, Santo Amaro/Recife
  • 31. Reveião Golarrolê, com Mateus Carrilho, Araketu, MC Elvis e os DJs Xande Medeiros, Thikos, Vini V, Iury Andrew e Tanit – 22h30 – R$ 230 (open bar premium), Vendas: Haus Bar, Avesso e Redley e site Sympla – Catamaran e Espaço Almirante / Cais das 5 pontas,s/n – Bairro de São José – Telefone: 3039-6304

Recomendo

Entrar

Arquivos