lançamento

Uma carga de sucesso


Assim começou a trajetória de SYLVIA BANDEIRA como escritora.
Sylvia Bandeira e seu livro.
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Aqui, com sua filha MELINA, no lançamento de seu livro Mamãe costura e esta noite vou te ver, Sylvia experimentou o gosto do sucesso no mundo das Letras.

Melina e sua mãe Sylvia Bandeira.
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ALCIONE MAZZEO, atriz amabilíssima de nossa TV, também prestigiou a amiga de profissão na Noite de Autógrafos. Gentis e deslumbrantes mulheres dos palcos reunidas.
Alcione Mazzeo e Sylvia Bandeira.
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Entre tantos outros amigos e fãs presentes, a adorável LAVÍNIA VLASAK não podia faltar no evento da sobrinha-bisneta do escritor Manuel Bandeira. Elas trabalharam juntas em Vidas opostas, de Marcílio Moraes.
Com Lavínia Vlasak.

Continue lendo

Mamãe costura e esta noite vou te ver

Sylvia Bandeira
Este é o curioso título do livro de SYLVIA BANDEIRA, grande atriz de teatro, cinema e televisão, que canta divinamente e, agora, estreia no mundo da literatura.

Sobrinha-bisneta de um escritor famoso, ela lança, aos 26 de setembro, às 19 horas, na Travessa de Ipanema – RJ, esta sua primeira obra repleta de belíssimas fotos, recordações e intensidade. Além de histórias de vida da estrela, que abriu seu coração ao Papo de Bem, contando-me coisas deliciosas sobre sua nova vida, a literária, e a de atriz, o que não podia faltar. Resultado: uma ENTREVISTA ESPECIAL pra você… 
 

IZAN SANT – Você faz parte do time das atrizes e cantoras que escrevem. Como surgiu, porém, a Sylvia Bandeira escritora? 

SYLVIA BANDEIRA Sou uma atriz que canta e agora resolveu escrever. Na realidade, sempre foi um sonho escrever um livro. Já tenho três filhos, plantei uma árvore e estava faltando o livro.
 

IS – Memórias, conquistas, reconhecimento profissional… temas gostosos, esses do seu livro. Por que optou por falar sobre eles? 

SB Queria contar minha história, a vida itinerante como filha de diplomata, os filhos, casamentos e a escolha de atriz.
 

IS – Em quê, exatamente, a literatura a encanta? 

SB Sou fascinada desde criança, sempre li muito e a palavra me fascina. Fiz parte de um curso de literatura e fui incentivada pelo autor premiado Luiz Ruffato. Não me fiz de rogada…
 

IS – Há uma maior simpatia sua por algum conteúdo, em especial, do seu livro? 

SB Dou vozes às diferentes etapas de minha vida, aproveitando escritos antigos, lembranças, com o olhar de hoje. Gosto da menina travessa que, ao poucos, tenta entender e desvendar o mundo ao seu redor.
 

IS – Como você vê o leitor brasileiro da atualidade?

Continue lendo

Radical, mas exímio escritor

Eromar Bomfim
O seu romance, lançado em julho na 11ª. Feira Literária Internacional de Paraty, no Rio de Janeiro, teve leitura de texto dos atores José de Abreu e Domingos Montagner. Traz personagens indignados pela própria condição de fraqueza da humanidade, deles próprios, um parricídio, um assassinato… e a resolução desta fraqueza através de ações violentas.

Muita tensão, situações extremas, temática radical?

É o que você encontrará no interessante Coisas do Diabo Contra, de EROMAR BOMFIM. Trata-se de uma obra contada em 1ª. pessoa, onde um forte pensamento (de um megaempresário que perdera a esposa) intriga o leitor: Só o crime justifica a existência. Saiba tudo a respeito adquirindo seu livro, no entanto, antes, acompanhe as sábias palavras de Bomfim nesta ENTREVISTA EXCLUSIVA ao Papo de Bem:     

    

IZAN SANT – De onde veio a inspiração para escrever este romance com título e temática tão densos?

 
EROMAR BOMFIMVeio da curiosidade sobre as razões que levam à eterna matança entre os homens. 

IS – A humanidade é, realmente, fraca? Se sim, como ser forte nos dias violentos de hoje?

Continue lendo

Entrevista

VÊ, GALERA – Clica

msg do mês

Glória Valcácer - Msg do Mês de outrubro - 2018

VOCÊ AQUI

Camila Duarte - Foto de Bem de outubro - 2018

presente de artista

Aniversariantes

  • Adriana Calcanhotto (cantora)
  • Adrielly Henry (atriz – Recife/PE)
  • Alcina Nascimento (educadora – Igarassu/PE)
  • Ângelo Santoro (coreóg., superv./vendas – Recife)
  • César Santos (chef de cozinha – Olinda)
  • Cláudia Abreu (atriz)
  • Cléo Pires (atriz)
  • Cynthia Nunes (estudante – Recife)
  • Danilo Rojas (bailarino – Recife)
  • Dayse Figueiredo (empresária, Lulu Bijoux – RJ)
  • Eletana Targino (coord. da LFG – Alta Floresta/MT)
  • Fabinho Seven (prop. Infohouse – Recife)
  • Fagner (cantor)
  • Fellipe Maia (Cofundador Berlim Digital – Recife)
  • Fernanda Montenegro (atriz)
  • Fiuk (ator e cantor)
  • Flávio Leimig (modelo e ator – Recife)
  • Gabriela Castello Buarque (universitária – Recife)
  • Gil Ayres (universitário, UFPE – Recife)
  • Glória Menezes (atriz)
  • Ilka Nóbrega (bibliotecária – Igarassu)
  • Izabella Nóbrega (bibliotecária – Igarassu)
  • Josy Ventura (administradora, atriz – Recife)
  • Kayky Brito (ator)
  • Manuela Sena (administradora – Recife)
  • Marcella Muniz (atriz)
  • Marcello Picchi (ator)
  • Marisa Orth (atriz)
  • Miguel Falabella (ator)
  • Miguel Teixeira (produtor cultural – Recife)
  • Najla Rocha Leite (gestora adjunta – Olinda)
  • Nasaré Azevedo (profa.: Filosofia – Bezerros/PE)
  • Pascoal Filizola (ator e arte-educador – Recife)
  • Pelé (ex-jogador / Rei do Futebol)
  • Pitty (cantora)
  • Priscila Camargo (atriz e contadora de histórias)
  • Rafael Cabral (jornalista e sanitarista – Olinda)
  • Rodrigo Faro (ator, cantor e apresentador/TV)
  • Sérgio Xavier (emp. Grupo inovsi – Recife)
  • Sinho Mello (cantor/educador físico – Recife)
  • Tássio Rennalli (advogado – Recife)
  • Thais Caseli (oper.: Direirto/concurseira – Recife)
  • Tofalini (cantor/compositor – Cambé/PR)
  • Vicktor Lira (booker/modelo/ator – Banguecoque)

Eventos

  • 19. Em São Paulo/SP: Peça teatral “As Brasas”, adaptação de Duca Rachid e Julio Fisher, onde “mais do que amigos, os personagens são ‘irmãos’” – 21h – de 29/09 a 04/11 – com Herson Capri e Genézio de Barros – SESC Santana / Av. Luiz Dumont Villares, 579 – Santana
  • 20. Peça teatral “As Brasas”, adaptação de Duca Rachid e Julio Fisher, onde “mais do que amigos, os personagens são ‘irmãos’” – 21h – de 29/09 a 04/11 – com Herson Capri e Genézio de Barros – SESC Santana / Av. Luiz Dumont Villares, 579 – Santana
  • 21. Peça teatral “As Brasas”, adaptação de Duca Rachid e Julio Fisher, onde “mais do que amigos, os personagens são ‘irmãos’” – 18h – de 29/09 a 04/11 – com Herson Capri e Genézio de Barros – SESC Santana / Av. Luiz Dumont Villares, 579 – Santana
  • 26. Peça teatral “As Brasas”, adaptação de Duca Rachid e Julio Fisher, onde “mais do que amigos, os personagens são ‘irmãos’” – 21h – de 29/09 a 04/11 – com Herson Capri e Genézio de Barros – SESC Santana / Av. Luiz Dumont Villares, 579 – Santana
  • 27. Em Recife/PE: Happy Holi – 14h – R$ 55 (pista) / R$ 85 (backstage) à venda site e app Bilheteria Digital – Área externa Centro de Convenções de Pernambuco / Complexo Salgadinho, S/N
  • 27. Em São Paulo/SP: Peça teatral “As Brasas”, adaptação de Duca Rachid e Julio Fisher, onde “mais do que amigos, os personagens são ‘irmãos’” – 21h – de 29/09 a 04/11 – com Herson Capri e Genézio de Barros – SESC Santana / Av. Luiz Dumont Villares, 579 – Santana

Recomendo

Entrar

Arquivos